Promoção!

O HEROI DO NOSSO TEMPO

14.13  12.72 


Filipe Guerra, Nina Guerra
9789896410216
2008
154
15,3 x 23,3 cms
Capa Mole
258 gr

O Herói do Nosso Tempo é um livro essencial para compreender a passagem do Romantismo para o Realismo na Literatura Russa. É composto por cinco narrativas relacionadas por uma estrutura em espiral e um protagonista comum, Petchórin, um jovem oficial russo desiludido com a vida e o género humano, que descreve a sua própria alma como meio morta e a felicidade como a capacidade de exercer poder sobre os outros. As cinco histórias vão-se desenvolvendo, revelando e ocultando os seus contornos, afastando-se e ressurgindo com novas perspectivas.

«O que deve sublinhar-se sobre O Herói do Nosso Tempo é que, apesar do enorme e por vezes doentio interesse dos ‘sociologistas’, “a época” tem menos interesse que “o herói” para os estudiosos de Literatura. O jovem Lérmontov conseguiu criar um personagem de ficção cujo cinismo, brio romântico, flexibilidade felina e olhar de águia, sangue ardente e cabeça fria, ternura e melancolia, elegância e brutalidade, delicadeza de percepção e desagradável paixão pelo poder, a crueldade e a consciência que dela tem, exercem uma perdurável atracção sobre os leitores de todos os países e tempos, sobretudo os jovens.»

«O autor teve todo o cuidado em se distinguir do seu herói; mas para o leitor emocional, grande parte do fascínio e dramatismo do romance reside no facto de o próprio destino trágico de Lérmontov ficar de certo modo sobreposto ao de Petchórin, do mesmo modo que “O Sonho do Daguestão” adquire uma força dramática emocional quando o leitor se apercebe de que o sonho do poeta se torna realidade.»

Vladimir Nabokov


O Herói do Nosso Tempo é um livro essencial para compreender a passagem do Romantismo para o Realismo na Literatura Russa. É composto por cinco narrativas relacionadas por uma estrutura em espiral e um protagonista comum, Petchórin, um jovem oficial russo desiludido com a vida e o género humano, que descreve a sua própria alma como meio morta e a felicidade como a capacidade de exercer poder sobre os outros. As cinco histórias vão-se desenvolvendo, revelando e ocultando os seus contornos, afastando-se e ressurgindo com novas perspectivas.

«O que deve sublinhar-se sobre O Herói do Nosso Tempo é que, apesar do enorme e por vezes doentio interesse dos ‘sociologistas’, “a época” tem menos interesse que “o herói” para os estudiosos de Literatura. O jovem Lérmontov conseguiu criar um personagem de ficção cujo cinismo, brio romântico, flexibilidade felina e olhar de águia, sangue ardente e cabeça fria, ternura e melancolia, elegância e brutalidade, delicadeza de percepção e desagradável paixão pelo poder, a crueldade e a consciência que dela tem, exercem uma perdurável atracção sobre os leitores de todos os países e tempos, sobretudo os jovens.»

«O autor teve todo o cuidado em se distinguir do seu herói; mas para o leitor emocional, grande parte do fascínio e dramatismo do romance reside no facto de o próprio destino trágico de Lérmontov ficar de certo modo sobreposto ao de Petchórin, do mesmo modo que “O Sonho do Daguestão” adquire uma força dramática emocional quando o leitor se apercebe de que o sonho do poeta se torna realidade.»

Vladimir Nabokov

Esgotado

REF: 1712065 Categorias: ,