Promoção!

MERIDIANO DE SANGUE

20.00  18.00 


Paulo Faria
9789896411886
10/10
352
15,3 x 23,3 cms
Capa Mole
524 gr

Meridiano de Sangue baseia-se em acontecimentos históricos ocorridos na fronteira entre os EUA e o México, em meados do séc. XIX. O autor subverte as convenções do romance e a mitologia do «Oeste selvagem» para narrar a violência da expansão americana, através da perso- nagem do juiz Holden, que nunca dorme, gosta de dançar, viola crianças dos dois sexos e afirma que não há-de morrer.

“Meridiano de Sangue… é claramente, a meu ver, o maior feito estético da literatura americana contemporânea.”
[Harold Bloom, The New York Observer]

“Um romance clássico americano de regeneração pela violência. McCarthy pode apenas ser comparado com os nossos escritores maiores, com Melville ou Faulkner, e este livro é a sua obra-prima.” [Michael Herr]

“McCarthy é um escritor a ler, a admirar e, sinceramente, a invejar.” [Ralph Ellison]

“O estilo de McCarthy segue a melhor tradição sulista, um estilo que funde uma eloquência ousada com ritmos intricados e uma precisão extrema.” [The New York Times]

Meridiano de Sangue surge agora numa nova tradução de Paulo Faria (autor da já publicada em 2004).


Meridiano de Sangue baseia-se em acontecimentos históricos ocorridos na fronteira entre os EUA e o México, em meados do séc. XIX. O autor subverte as convenções do romance e a mitologia do «Oeste selvagem» para narrar a violência da expansão americana, através da perso- nagem do juiz Holden, que nunca dorme, gosta de dançar, viola crianças dos dois sexos e afirma que não há-de morrer.

“Meridiano de Sangue… é claramente, a meu ver, o maior feito estético da literatura americana contemporânea.”
[Harold Bloom, The New York Observer]

“Um romance clássico americano de regeneração pela violência. McCarthy pode apenas ser comparado com os nossos escritores maiores, com Melville ou Faulkner, e este livro é a sua obra-prima.” [Michael Herr]

“McCarthy é um escritor a ler, a admirar e, sinceramente, a invejar.” [Ralph Ellison]

“O estilo de McCarthy segue a melhor tradição sulista, um estilo que funde uma eloquência ousada com ritmos intricados e uma precisão extrema.” [The New York Times]

Meridiano de Sangue surge agora numa nova tradução de Paulo Faria (autor da já publicada em 2004).

REF: 1702184 Categoria: