Promoção!

PORQUE AMAMOS

20.19 € 18.17 €


Margarida Periquito
9789727089963
2008
274
15,3 x 23,3 cms
Capa Mole
421 gr

Em Porque Amamos, a conhecida antropóloga Helen Fisher oferece-nos um novo estudo sobre o fenómeno do amor – desde as suas origens no cérebro ao estimulante caos que provoca nos corpos e comportamentos. Trabalhando com uma equipa de cientistas que examinaram os cérebros de pessoas que acabaram de se apaixonar, Fisher prova o que psicólogos apenas suspeitavam: quando nos apaixonamos, áreas específicas do cérebro «acendem-se» com o aumento de fluxo sanguíneo. O estudo de Helen Fisher serve-se destes dados para provar que a paixão romântica é um poderoso e complexo desejo.
Provocador, esclarecedor, estimulante e persuasivo, Porque Amamos procura responder, de um novo ângulo de abordagem, a questões tão antigas como «O que é o amor?», «Quem amamos?» e «Como manter o amor vivo?».

«O livro de Helen Fisher irá cativá-lo, seduzi-lo ao ponto de vencer a sua resistência a esta tese, levando a aceitá-la. É poético, sexy, encantador e, ao mesmo tempo, científico.»
Richard Dawkins, autor de O Gene Egoísta e A Desilusão de Deus

«Se procuram momentos e experiências de amor romântico, leiam romances. Se o que querem é compreender profundamente esta qualidade central da natureza humana, leiam Porque Amamos.»
E. O. Wilson, Professor Emérito, Harvard University, autor de Consilience

«Uma leitura agradável e esclarecedora (…). Helen Fisher junta-se ao grupo de escritores que inclui António Damásio, cujo livro sobre a consciência, O Sentimento de Si, cita, e o bestseller de Bill Buford Breve História de Quase Tudo. Livros que explicam a nossa natureza e comportamento ao leitor comum.»
Pittsburgh Tribune-Review

«Uma tese com ramificações surpreendentes.»
The New York Times Book Review

«O estudo mais amplo e compreensivo que alguma vez li sobre a química das relações do cérebro. Leiam-no e aprendam algumas das mais importantes lições que podemos ter: como e porque é que nós – e outros seres vivos – amamos.»
David P. Barash, Professor de Psicologia, University
of Washington, e autor de O Mito da Monogamia


Em Porque Amamos, a conhecida antropóloga Helen Fisher oferece-nos um novo estudo sobre o fenómeno do amor – desde as suas origens no cérebro ao estimulante caos que provoca nos corpos e comportamentos. Trabalhando com uma equipa de cientistas que examinaram os cérebros de pessoas que acabaram de se apaixonar, Fisher prova o que psicólogos apenas suspeitavam: quando nos apaixonamos, áreas específicas do cérebro «acendem-se» com o aumento de fluxo sanguíneo. O estudo de Helen Fisher serve-se destes dados para provar que a paixão romântica é um poderoso e complexo desejo.
Provocador, esclarecedor, estimulante e persuasivo, Porque Amamos procura responder, de um novo ângulo de abordagem, a questões tão antigas como «O que é o amor?», «Quem amamos?» e «Como manter o amor vivo?».

«O livro de Helen Fisher irá cativá-lo, seduzi-lo ao ponto de vencer a sua resistência a esta tese, levando a aceitá-la. É poético, sexy, encantador e, ao mesmo tempo, científico.»
Richard Dawkins, autor de O Gene Egoísta e A Desilusão de Deus

«Se procuram momentos e experiências de amor romântico, leiam romances. Se o que querem é compreender profundamente esta qualidade central da natureza humana, leiam Porque Amamos.»
E. O. Wilson, Professor Emérito, Harvard University, autor de Consilience

«Uma leitura agradável e esclarecedora (…). Helen Fisher junta-se ao grupo de escritores que inclui António Damásio, cujo livro sobre a consciência, O Sentimento de Si, cita, e o bestseller de Bill Buford Breve História de Quase Tudo. Livros que explicam a nossa natureza e comportamento ao leitor comum.»
Pittsburgh Tribune-Review

«Uma tese com ramificações surpreendentes.»
The New York Times Book Review

«O estudo mais amplo e compreensivo que alguma vez li sobre a química das relações do cérebro. Leiam-no e aprendam algumas das mais importantes lições que podemos ter: como e porque é que nós – e outros seres vivos – amamos.»
David P. Barash, Professor de Psicologia, University
of Washington, e autor de O Mito da Monogamia

REF: 1714024 Categoria: