Promoção!

OS CRIADORES DA ECONOMIA MODERNA

22.00  19.80 


Miguel Serras Pereira
9789896410537
02/13
536
15,3 x 23,3 cms
Capa Mole
810 gr

Neste seu novo ensaio, a autora de Uma Mente Brilhante conduz-nos pela história moderna, pelos homens e mulheres que mudaram a vida de cada um de nós. É uma história épica sobre a criação da economia moderna, e sobre o modo como esta nos salvou da miséria e da privação, colocando o futuro nas nossas próprias mãos, em vez de o entregarmos a um destino inexorável.

Sylvia Nasar começa com a descrição feita por Charles Dickens e Henry Mayhew das precárias condições em que vivia a maioria da população de Londres — então o lugar mais rico do mundo — em meados do século XIX.

Descreve depois o esforço de Marx, Engels, Alfred Marshall, Beatrice e Sidney Webb, e Irving Fisher para colocarem as suas ideias em prática — com consequências revolucionárias para o mundo.

A abordagem de Sylvia Nasar vai, em seguida, desde John Maynard Keynes até Joseph Schumpeter, Friedrich von Hayek e Joan Robinson, passando pelos influentes economistas Paul Samuelson e Milton Friedman. O último investigador a ser analisado é Amartya Sen, vencedor do Prémio Nobel de Economia. Sylvia Nasar mostra-nos como as ideias destes pensadores transformaram o mundo — de Londres até às nações desenvolvidas na Europa e na América e, agora, no resto do planeta.

Na descrição de Nasar encontramos homens e mulheres que tentam reagir a dramáticas crises, guerras mundiais, revoluções e sublevações económicas. Pensadores que tentaram transformar o destino da até então sombria ciência num instrumento para a humanidade.

Esta evolução, inimaginável há menos de duzentos anos, é uma história de tentativa e erro, exposta aqui sob a forma de uma envolvente narrativa que liga a vida dos pensadores da economia aos acontecimentos sociais e às teorias que elaboraram.


Neste seu novo ensaio, a autora de Uma Mente Brilhante conduz-nos pela história moderna, pelos homens e mulheres que mudaram a vida de cada um de nós. É uma história épica sobre a criação da economia moderna, e sobre o modo como esta nos salvou da miséria e da privação, colocando o futuro nas nossas próprias mãos, em vez de o entregarmos a um destino inexorável.

Sylvia Nasar começa com a descrição feita por Charles Dickens e Henry Mayhew das precárias condições em que vivia a maioria da população de Londres — então o lugar mais rico do mundo — em meados do século XIX.

Descreve depois o esforço de Marx, Engels, Alfred Marshall, Beatrice e Sidney Webb, e Irving Fisher para colocarem as suas ideias em prática — com consequências revolucionárias para o mundo.

A abordagem de Sylvia Nasar vai, em seguida, desde John Maynard Keynes até Joseph Schumpeter, Friedrich von Hayek e Joan Robinson, passando pelos influentes economistas Paul Samuelson e Milton Friedman. O último investigador a ser analisado é Amartya Sen, vencedor do Prémio Nobel de Economia. Sylvia Nasar mostra-nos como as ideias destes pensadores transformaram o mundo — de Londres até às nações desenvolvidas na Europa e na América e, agora, no resto do planeta.

Na descrição de Nasar encontramos homens e mulheres que tentam reagir a dramáticas crises, guerras mundiais, revoluções e sublevações económicas. Pensadores que tentaram transformar o destino da até então sombria ciência num instrumento para a humanidade.

Esta evolução, inimaginável há menos de duzentos anos, é uma história de tentativa e erro, exposta aqui sob a forma de uma envolvente narrativa que liga a vida dos pensadores da economia aos acontecimentos sociais e às teorias que elaboraram.

REF: 1760009 Categoria: