Promoção!

O Olhar do Outro — Estrangeiros em Portugal: do Século XVIII ao Século XX

19.50  17.55 


9789897830105
03/2020
376
15,3 x 23,3 x 1,9 cms
Capa Mole
556 gr

«Ao lermos as obras escritas por viajantes, importa ter em conta a “Weltanschauung”, um termo inventado pelo filósofo alemão W. Dilthey para designar a visão do mundo que, consciente ou inconscientemente, está presente em cada um de nós. Desde meados do século xviii que a literatura de viagens se tornara um género apreciado, mas a maneira como os estrangeiros olharam o meu país tem de ser vista criticamente: não basta escolher as citações que se adequam às nossas teses. Na selecção dos testemunhos que a seguir apresento, escolhi não apenas os escritos com maior qualidade literária, mas ainda aqueles sobre cujos autores dispunha dos elementos biográficos que me permitissem entender o quadro mental que os levara a deixar os retratos que nos legaram.»
[Da Introdução]

Giuseppe Marc’Antonio Baretti • Giuseppe Gorani • Charles François Dumouriez • Joseph Barthélemy François Carrère • W. Costigan • Marquês de Bombelles • William Beckford • Robert Southey • Carl Israel Ruders • Heinrich Friedrich Link • John, Charles e Roxanna Dabney • Laure Saint-Martin Permon • Lord Byron • William Morgan Kinsey • Lord Porchester (Carnarvon) • Joseph James Forrester • Edward Boid • Joseph Bullar • Sir William Robert Wilde • Felix Maria Vincenz Andreas von Lichnowsky • Dora Wordsworth Quillinan • Isabella de França • Oswald Crawfurd • Hans Christian Andersen • Mark Twain • Lady Jackson • Marie Rattazzi • Miguel de Unamuno • John Gibbons • Ralph Fox • Alfred Döblin • Antoine de Saint-Exupéry • Arthur Koestler • Mircea Eliade • Simone de Beauvoir • Roy Campbell • Mary McCarthy • Sybille Bedford • Christopher Hitchens • Jean-Paul Sartre • Gabriel García Márquez • Hans Magnus Enzensberger

 

SOBRE A AUTORA:
Maria Filomena Mónica nasceu em Lisboa em 1943. Licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Lisboa em 1969. Doutorou-se em Sociologia pela Universidade de Oxford em 1978. A par da carreira e das actividades académicas, colaborou regularmente nos meios de comunicação social. Escreveu mais de duas dezenas de livros. Os mais recentes são Eça de Queirós (2001) (traduzido na Grã-Bretanha e nos EUA em 2006), D. Pedro V (2005), Bilhete de Identidade (2005), Cesário Verde (2007), Fontes Pereira de Melo (2009), Os Cantos (2010), A Morte (2011), A Minha Europa (2015), Os Pobres (2016) e Os Ricos (2018). Actualmente, é investigadora emérita do ICS da Universidade de Lisboa.


REF: 1780114 Categorias: , ,