Promoção!

O LAGO

12.60 


9789896412661
Dec/11
144
13,8 x 21 cms
Capa Mole
212 gr

«Ela falou rapidamente. Estava ansiosa por ver o mundo lá fora. Estava ansiosa por ver o lago.
— Sim.
— Posso ir contigo?
Ela tentou sorrir.
— Importas-te que eu vá sozinha?
Ele sorriu também.
— Tens a certeza de que não vais perder-te?
— Se isso acontecer… tu encontras-me.
— Sim.
— Então não tenho medo.
O homem foi buscar um casaco azul-escuro, comprido, e ajudou-a a vesti-lo. Fechou-o no pescoço.
— Não vás para muito longe. Creio que vai nevar outra vez.
— Está bem.
A rapariga saiu para o jardim; a neve estava intacta, e as suas pegadas deixaram um rasto fundo. O ar tinha uma cor azulada: a cor do frio. Ela atravessou o portão que alguém deixara aberto, espreitou pela janela de um barracão de madeira e viu um jipe com os pneus sujos de lama. Os ramos nus das árvores pareciam entrelaçar-se uns nos outros. A água corria nos riachos, entre as pedras cobertas de neve. Apercebeu-se de que estava num vale cercado de montanhas altíssimas.»


«Ela falou rapidamente. Estava ansiosa por ver o mundo lá fora. Estava ansiosa por ver o lago.
— Sim.
— Posso ir contigo?
Ela tentou sorrir.
— Importas-te que eu vá sozinha?
Ele sorriu também.
— Tens a certeza de que não vais perder-te?
— Se isso acontecer… tu encontras-me.
— Sim.
— Então não tenho medo.
O homem foi buscar um casaco azul-escuro, comprido, e ajudou-a a vesti-lo. Fechou-o no pescoço.
— Não vás para muito longe. Creio que vai nevar outra vez.
— Está bem.
A rapariga saiu para o jardim; a neve estava intacta, e as suas pegadas deixaram um rasto fundo. O ar tinha uma cor azulada: a cor do frio. Ela atravessou o portão que alguém deixara aberto, espreitou pela janela de um barracão de madeira e viu um jipe com os pneus sujos de lama. Os ramos nus das árvores pareciam entrelaçar-se uns nos outros. A água corria nos riachos, entre as pedras cobertas de neve. Apercebeu-se de que estava num vale cercado de montanhas altíssimas.»

REF: 1701098 Categorias: ,