Promoção!

INFÂNCIA, ADOLESCÊNCIA E JUVENTUDE

25.00  22.50 


Filipe Guerra, Nina Guerra
9789896412975
06/2012
392
15,3 x 23,3 cms
Capa Mole
596 gr

Infância, Adolescência e Juventude situa-se entre a autobiografia e a ficção.
São três narrativas que parecem destinadas a reviver e dar permanência a um mundo que, aos vinte e três anos, Tolstói deixava para trás, iniciando no Cáucaso as experiências que iria relatar em Cossacos.
Como o autor de Anna Karénina revelaria mais tarde, a trilogia inspirou-se nas relações de Tolstói e da sua família com a de Alexander Isleniev, que vivia nas proximidades de Iasnaia Poliana.
Em Infância, Nikolai é o retrato que o autor quis dar de si mesmo, apenas o pai e a mãe do protagonista sendo figuras compósitas (a mãe de Tolstói morreu quando ele tinha apenas dezoito meses).
Infância foi escrito em Tiflis, no Cáucaso, quando Tolstói aí preparava exames para o curso de oficial. A obra, publicada em 1852, teve grande repercussão. Dostoievski, no seu exílio siberiano, comoveu-se com o livro e exprimiu o desejo, nunca realizado, de se encontrar com o autor. O czar, impressionado, ordenou que o jovem oficial que arriscara a vida nos combates em defesa de Sebastopol fosse retirado para zona menos perigosa.
Tolstói vai escrever, já em São Petersburgo, Adolescência e, dois anos depois, em 1856, Juventude.
Em seguida, retira-se da vida militar e passa a viver na herdade familiar de Iasnaia Poliana, onde se casará com a neta de Alexander Isleniev, Sofia, dez anos depois da publicação de Infância.


Infância, Adolescência e Juventude situa-se entre a autobiografia e a ficção.
São três narrativas que parecem destinadas a reviver e dar permanência a um mundo que, aos vinte e três anos, Tolstói deixava para trás, iniciando no Cáucaso as experiências que iria relatar em Cossacos.
Como o autor de Anna Karénina revelaria mais tarde, a trilogia inspirou-se nas relações de Tolstói e da sua família com a de Alexander Isleniev, que vivia nas proximidades de Iasnaia Poliana.
Em Infância, Nikolai é o retrato que o autor quis dar de si mesmo, apenas o pai e a mãe do protagonista sendo figuras compósitas (a mãe de Tolstói morreu quando ele tinha apenas dezoito meses).
Infância foi escrito em Tiflis, no Cáucaso, quando Tolstói aí preparava exames para o curso de oficial. A obra, publicada em 1852, teve grande repercussão. Dostoievski, no seu exílio siberiano, comoveu-se com o livro e exprimiu o desejo, nunca realizado, de se encontrar com o autor. O czar, impressionado, ordenou que o jovem oficial que arriscara a vida nos combates em defesa de Sebastopol fosse retirado para zona menos perigosa.
Tolstói vai escrever, já em São Petersburgo, Adolescência e, dois anos depois, em 1856, Juventude.
Em seguida, retira-se da vida militar e passa a viver na herdade familiar de Iasnaia Poliana, onde se casará com a neta de Alexander Isleniev, Sofia, dez anos depois da publicação de Infância.

REF: 1712103 Categorias: ,