Promoção!

ENSAIOS: ANTOLOGIA

12.50  11.25 


Rui Bertrand Romão
9789896416072
05/16
320
14,8 x 22,5 cms
Capa Mole
458 gr

«Para celebrar o seu retiro da magistratura, a fim de se consagrar à actividade literária, Montaigne fez, em sua célebre torre, pintar no gabinete adjunto à sua biblioteca uma inscrição em latim: (…) [“No ano de Cristo 1571, com a idade de 38 anos, na véspera das calendas de Março, seu aniversário natalício, Michel de Montaigne, desde há muito desgostado da servidão aúlica55 e dos cargos públicos, sentindo‑se ainda vigoroso, retirou‑se para o seio das doutas virgens, onde, calmo e sem se inquietar com a mais pequena coisa, passará o que lhe resta de uma vida já muito avançada. Se as decisões do destino o permitirem, perfaça ele esta residência e refúgio ancestral, que ele consagrou à sua liberdade, à sua tranquilidade e ao ócio.”] Este texto, um dos raríssimos latinos que se conhece de Montaigne, e que é tantas vezes mal interpretado, manifesta, de uma forma solene, e, como bem o advertiu Géralde Nakam58, algo teatral, a procura do ideal helenístico da ataraxia (tranquilidade da alma), permitida pela entrega ao otium, o qual, de acordo com o modelo clássico, nomeadamente o senecano, era o mais próprio para a entrega ao estudo das letras e da filosofia, e o mais adequado à velhice (que, segundo os padrões renascentistas, não era de todo estranho achar‑se ter o começo por volta dos quarenta anos), sobretudo no culminar de uma carreira dedicada ao negotium do serviço público.»