Planeamento Editorial

Planeamento Editorial
Publicações na Relógio D’Água de Janeiro a Junho de 2020.
Esta é a lista não exaustiva dos títulos que a Relógio D’Água publicará nos próximos seis meses.

Janeiro
— Corpos Celestes, de Jokha Alharthi
Vencedor do Man Booker International Prize 2019. Corpos Celestes narra a vida de três irmãs na aldeia de al-Awafi, em Omã. Mayya, que casa com Abdallah após um desgosto amoroso; Asma, casada por obrigação; e Khawla, que rejeita todas as propostas enquanto espera pelo seu amado, que emigrou para o Canadá.

— O Atelier de Noite, de Ana Teresa Pereira
Agatha Christie esteve desaparecida durante quase duas semanas, que ainda hoje permanecem envoltas em mistério. Num outro conto, Ana Teresa Pereira fala-nos do desaparecimento de uma outra mulher.

— O Anjo Camponês, de Rui Nunes

— Louvor da Terra. Uma Viagem ao Jardim, de Byung-Chul Han
Louvor da Terra não é um ensaio filosófico semelhante aos antes escritos por Byung-Chul Han. Situando-se entre a poesia e a filosofia, a obra regista as meditações de Byung-Chul Han no tempo que dedica ao seu jardim.

— Belos Vencidos, de Leonard Cohen
Belos Vencidos, publicado pela primeira vez em 1966, é uma narrativa que se lança ao assalto dos sentidos, fundindo a espiritualidade e sexualidade, o místico e o profano, o poético e o obsceno.

— Ética, de Baruch de Espinosa (nova trad. de Diogo Pires Aurélio)
Trata-se de uma nova tradução de Ética feita por Diogo Pires Aurélio, autor também de um desenvolvido prefácio. É um livro singular, a obra de um filósofo que influenciou não apenas teólogos, mas também filósofos e escritores. Como disse Bergson, «pode dizer-se que todo o filósofo tem duas filosofias, a sua e a de Espinosa».

Fevereiro
— Os Incuráveis, de Agustina Bessa-Luís (Prefácio de João Bénard da Costa)

— Tonio Kröger, de Thomas Mann

— O Olhar do Outro, de Maria Filomena Mónica

— O Jogo Preferido, de Leonard Cohen
Para Leonard Cohen, o jogo favorito é o amor. Neste seu primeiro romance, Cohen faz um retrato satírico de Lawrence Breavman, filho único de uma família judia de Montreal, que procura na poesia a sua vocação. Deprimido em relação ao passado que desapareceu com a morte do pai e obcecado com as mulheres que deseja, Breavman anseia por se libertar de si próprio.

— Notas de Inverno sobre Impressões de Verão, de Fiódor Dostoievski

Março
— A Minha Luta 6: O Fim, de Karl Ove Knausgård

— Correspondência entre Agustina Bessa-Luís e Juan Rodolfo Wilcock (Prefácio de Ernesto Montequin)

— Fotomaton — Retratos de Salazar, Cunhal e Soares, de António Barreto

— A Montanha Mágica, de Thomas Mann (nova trad. de António Sousa Ribeiro)

— Buddenbrooks, de Thomas Mann (nova trad. de Ana Falcão Bastos)

— Mrs Palfrey no Claremont, de Elizabeth Taylor

— O Almanaque do Céu e da Terra, de Cristina Carvalho

Abril
— A Muralha, de Agustina Bessa-Luís

— Primeiros Contos e Contos Inéditos, de Agustina Bessa-Luís (Prefácio de Mónica Baldaque)

— A Era do Capitalismo de Vigilância, de Shoshana Zuboff

— Quinta dos Animais — Romance Gráfico, de George Orwell e Odyr

— O Que Move o Silêncio do Cavalo, de Maria Andresen

Maio
— O Problema dos Três Corpos, de Cixin Liu (vencedor do Prémio Hugo)

— As Crónicas da Explosão, de Yan Lianke

—As Flores do Mal, de Charles Baudelaire (trad. de João Moita)

— The Topeka School, de Ben Lerner (título original)

Junho
— A Vida Mentirosa dos Adultos, de Elena Ferrante

— Todas as Cartas, de Clarice Lispector

— A Ladra de Fruta, de Peter Handke (Prémio Nobel da Literatura 2019)

— Os Teus Passos nas Escadas, de Antonio Muñoz Molina

— Mulheres Invisíveis, de Caroline Criado Perez

267 Responses to “Planeamento Editorial”

  1. Eduardo Roels 2 Agosto, 2019 at 16:40 Permalink

    Prezados, já consideraram publicar a tradução completa (existe uma tradução antiga e parcial do livro em português) de “Conversações com Goethe” de Johann Peter Eckermann? Nietzsche considerava este livro o melhor já escrito em alemão e Walter Benjamin um dos maiores livros de prosa de todo o século XIX.

  2. nuno de m. 3 Agosto, 2019 at 8:01 Permalink

    Viva, Está nas V. previsões a edição de Sangue Sábio, esgotado noutra editora, tal como as obras de Flannery O’Connor que a RdA entretanto publicou? E, se sim, quando?
    Atentamente, nuno de m

  3. Nuno Bento 5 Agosto, 2019 at 14:40 Permalink

    Boa tarde,

    Antes de mais, os meus parabéns pela vossas edições.

    Já consideraram a publicação dos Diários de Thomas Mann?

  4. Joaquim 7 Agosto, 2019 at 15:33 Permalink

    Boas,

    Sugiro a publicação de un livro há muito esgotado em português de Henri Lefebvre chamado “O Fim da História”. Aliás qualquer obra dele seria excelente.

  5. nuno de m. 8 Agosto, 2019 at 8:47 Permalink

    Viva, Tendo já publicados vários textos de norte-americanos do sul, prevêem-se outros auautores e títulos?

    1. Delta Wedding, Eudora Welty?
    2. James Dickey
    3. Roberto Penn Warren
    4. Zora Neale Hurston
    5. Walker Percy
    6. Charles W. Chesnutt

    E, já agora, mudando a geografia, Thornton Wilder e H. L. Mencken?

    Atentamente, nuno de m.

  6. nuno guerreiro 9 Agosto, 2019 at 13:50 Permalink

    Boa tarde.

    Já está prevista a edição do VIAGEM À ÍNDIA do Goçalo M. Tavares?

    Obrigado

  7. Gonçalo 12 Agosto, 2019 at 21:39 Permalink

    Muito boa noite!

    Gostaria de saber se se encontra planeado a publicação/lançamento do romance “Nossa Senhora de Paris” de Victor Hugo.

    Muito obrigado e cumprimentos

  8. Augusta Clara Matos 13 Agosto, 2019 at 0:28 Permalink

    Boa noite!
    Uma sugestão e um desejo muito empenhados de que reeditem a obra de Manuel Vásquez Montalbán, com livros tão bons que a ASA deixou caír e de que não se encontra agora nenhuma tradução portuguesa.
    Para as biografias sugiro a biografia de Trotsky por Isaac Deutscher, considerada a melhor biografia dele e de que não conheço nenhuma edição em português.
    E parabéns pelas belas capas que com tão bom gosto têm escolhido.
    Cumprimentos
    Augusta Clara Matos

  9. Rogério Barros Costa 19 Agosto, 2019 at 11:43 Permalink

    sou escritor já editado, dentro e fora de Portugal.
    Tenho 3 trabalhos para editar.
    gostaria de saber como contar convosco.

  10. Catarina Dessa 20 Agosto, 2019 at 0:29 Permalink

    Olá,
    Ponderam re-editar a obra completa de C.G.Jung? Obrigada

  11. David Manuel dos Reis Oliveira 20 Agosto, 2019 at 11:07 Permalink

    Bom dia
    E para quando a reedição de Doutor FAUSTO de T. Mann?
    Grato

  12. João 21 Agosto, 2019 at 18:11 Permalink

    Caros senhores,

    Planeiam editar algum livro de Sartre?

  13. Rui P. 25 Agosto, 2019 at 19:13 Permalink

    UNDERLAND
    ROBERT MACFARLANE
    Poderiam editar, pf?

  14. Rui P. 25 Agosto, 2019 at 19:17 Permalink

    Obrigado por aceitarem editar Nick Bostrom.
    Obrigado por aceitarem editar Cixin Liu, neste caso a tradução será a directa do chinês?

  15. Rui P. 25 Agosto, 2019 at 19:20 Permalink

    Life 3.0: Being Human in the Age of Artificial Intelligence
    Max Tegmark
    Poderiam editar, pf?

  16. Rui P. 25 Agosto, 2019 at 19:25 Permalink

    The Singularity Is Near: When Humans Transcend Biology
    Raymond Kurzwei
    Poderiam editar, pf?

  17. Rui P. 25 Agosto, 2019 at 19:28 Permalink

    Irwin Shaw
    Poderiam ponderar editar este autor?

  18. Paulo Lopes 26 Agosto, 2019 at 15:47 Permalink

    Boa tarde,
    Está nos vossos planos editar o último livro do Denis Johnson, editado postumamente, “The Largesse of the Sea Maiden” bem como o há muito esgotado “Filho de Jesus”, editado pela já extinta Ahab?
    Obrigado.

  19. Carolina 27 Agosto, 2019 at 10:50 Permalink

    Bom dia, não vão continuar com a trilogia da N. K. Jemisin?

  20. Rafael Menezes 29 Agosto, 2019 at 15:09 Permalink

    Olá,

    Boa tarde. Gostaria de um contato comercial para retomar a venda dos livros da relógio d’água no Brasil. Sou da Livraria da Vila.

    Desde já agradeço.

    att.

  21. Rui P. 1 Setembro, 2019 at 9:12 Permalink

    Sei que está editada uma versão reduzida de “Arquipélago de Gulag” com excelente tradução de Antonio Pescada. É no entanto necessário que se traduza toda a obra. Seria um trabalho de grandioso mas certamente muito valorizado por nós que lemos e valorizamos ao máximo as vossas edições.

    • nuno de m. 4 Setembro, 2019 at 17:09 Permalink

      Se várias obras estão editadas noutro lado faz sentido dispersar energias quando há tanta coisa por editar? Além do mais os direitos de Soljenitsin não são públicos.
      nm,

      • Rui P. 11 Setembro, 2019 at 9:11 Permalink

        Em Portugal nunca existiu acesso à tradução integral do monumental “Arquipélago de Gulag”. A Bertrand chegou a editar dois volumes mas faltou sempre uma parte significativa da obra, que não se traduziu. A edição agora existente, feita pelo António Pescada, é a de um resumo da obra feito pelo autor.

  22. cristina VIeira 3 Setembro, 2019 at 8:11 Permalink

    por favor, ponderem publicar

    a velocidade da luz , Javier Cercas
    as alegrias da maternidade de Buchi emecheta
    voragem de Tanizaki
    o alforge de Nakhjavani
    Primavera num espelho partido de Mario Banedetti
    o bom filho de you-jeong-Jeong
    stalker de Tarryn Fisher

  23. Rui P. 3 Setembro, 2019 at 15:11 Permalink

    Chinua Achebe
    Poderiam editar algum livro deste autor? A Flecha de Deus seria um bom título para começar a tradução da obra do autor.

  24. Rui P. 3 Setembro, 2019 at 21:30 Permalink

    Desculpe a minha insistência mas é fundamental que a RdA considere a edição de “Lucky Per” de Henrik Pontoppidan. Vejam por favor o filme Um Homem de Sorte no Netflix e vão de imediato perceber a importância de editar este e outros livros do autor que recebeu o Nobel da Literatura em 1917.

  25. Rui P. 3 Setembro, 2019 at 21:40 Permalink

    Considerem por favor a edição de “The Painted Bird” de Jerzy Nikodem Kosiński. Este autor já teve edição em português há muito esgotada. O filme – The Painted Bird – estreou hoje, 3/9/2019, no Festival de Veneza.

  26. João Pedro Fazendeiro 13 Setembro, 2019 at 10:54 Permalink

    Já não teremos os livros das irmãs Bronte, Balzac e Dickens anteriormente anunciados até ao final do ano? A edição de clássicos vai abrandar nos próximos meses?

    Obrigado,

    João Pedro Fazendeiro

  27. Felismina Dias 13 Setembro, 2019 at 14:13 Permalink

    Boa tarde.
    Não pondera a RdA a publicação dos livros de Kate Atkinson dedicados às investigações de
    Jackson Brodie? A iniciar pelo “Case Histories”.
    Apesar de se tratar de livros de “género” (mistérios) não são em nada inferiores aos outros romances desta notável autora.

    Cps
    Felismina Dias

  28. Pedro Sousa 14 Setembro, 2019 at 10:23 Permalink

    Estimados,

    Gostaria de saber se ponderam publicar o diário ‘The Exegesis of Philip Dick’ – ou parte da obra já que se trata de um texto denso e longo.

    Continuação de um excelente trabalho.
    Com os melhores cumprimentos,
    Pedro Sousa

  29. Carla Sousa 15 Setembro, 2019 at 10:44 Permalink

    Bom dia.

    Alguma hipótese de virem a publicar “A ponte do rio Kwai” / “O planeta dos macacos”, de Pierre Boule; “A river runs through it” de Norman Maclean; ou “The IPCRESS File” de Len Deighton?

    Obrigada pela atenção.

  30. Rui P. 19 Setembro, 2019 at 22:16 Permalink

    Não encontrei rasto de alguma vez ter sido editado em língua portuguesa. Nem aqui nem no Brasil. Estive a ver as críticas disponíveis e comprei o e-book em castelhano que já comecei, com esforço, a ler. Sim é fundamental que a RdA considere a edição de “Lucky Per” de Henrik Pontoppidan. É um marco literário que não se entende ainda não ter sido traduzido. Um livro como este traduzido do original seria uma edição excepcional.

  31. Dulcineide Lopes 21 Setembro, 2019 at 13:00 Permalink

    Seu Carlos,
    Fiquei na curiosidade com esse livro do Lucky Per e fui no Netflix ver o filme. Gostei demais. O personagem tem a sua ideia e não aceita ceder a interesses sofrendo as consequência por ser integro. Muito bom. E o finalzinho é um momento de grande emoção. Quero ler esse livro ai. Pública vai Seu Carlos.
    Beijo
    Sua
    Neide

  32. Marco 22 Setembro, 2019 at 9:22 Permalink

    Gilead de Marilynne Robinson, faz sentido na V. linha editorial?
    É um livro fabuloso.
    Obrigado.

    • Carlos Vasconcelos 23 Setembro, 2019 at 16:18 Permalink

      Estimado,
      Faz sim e estamos a considerar o livro.

      • Marco 23 Setembro, 2019 at 20:39 Permalink

        Ótimo. Existe uma versão portuguesa da Difel, de 2004, com uma excelente tradução de António Pescada, uma capa horrível e um título: «Ao meu Filho», que apesar de fazer algum sentido é totalmente enganador.
        De qualquer modo está esgotado em todo o lado, e nem em alfarrabistas se encontra. Só mesmo na Biblioteca Nacional.
        Muito obrigado.

  33. Carlos Meireles 23 Setembro, 2019 at 21:03 Permalink

    Exmos. Senhores,
    A sugestão de tradução de “Lykke-Per” é uma verdadeira preciosidade que vos está a ser apresentada. Foi com elevo que vi esta sugestão. Em Inglaterra também tarde se descobriu está magnífica obra. Um prodígio da literatura europeia. Vejam aqui https://www.goodreads.com/book/show/7537919-lykke-per este é um grande livro. Uma sugestão de mestre.
    Cumprimentos

  34. André Bastos 23 Setembro, 2019 at 21:20 Permalink

    Li o Per o Sortudo numa tradução má que comprei num sebo. Era uma coisa dactilografada e depois policopiada com uma muito má qualidade. Comprei porque reparei que já havia sido lido muita vez. Li com sofreguidão pelas noites fora mesmo tendo trabalho pesado no dia seguinte. É essa a magia dos livros extraordinários, mesmo numa tradução de amador estava ali o Per e toda a sociedade de uma Copenhaga a sair para a modernidade. E no fim Per nos dá uma lição sobre o que é realmente importante. Sim Per é uma obra que tenho o prazer de conhecer e que me ajudou a perceber o sentido que devemos dar à nossa vida. Gostava de reler numa boa tradução.

  35. José Esteves 24 Setembro, 2019 at 21:00 Permalink

    Neste quase 20 anos que já passei na Dinamarca tive oportunidade de aprender o idioma. A minha maior prova foi a leitura desse escritor muito amado em todo o país o Henrik Pontoppidan. A leitura de Lykke Per foi um momento maior na minha vida enquanto leitor. Muitas vezes ponderei começar a tradução para o português mas nunca o faria como bem merece. Admiravelmente desconhecemos em Portugal um dos maiores escritores da Europa e uma das maiores obras só comparável ao melhor de Victor Hugo, Dumas ou Eça. Dou os parabéns à Relógio d’Água se avançar com este projecto magnífico de edição. Portugal merece conhecer o grande Henrik Pontoppidan e o seu inesquecível Lykke Per.
    Abraço enviado aqui da Dinamarca e força nisso!
    José Esteves

  36. Rui P. 25 Setembro, 2019 at 13:01 Permalink

    Boa tarde,
    A RdA vai editar o “Wolf Hall”? Seria uma excelente ideia agora que já não podemos, pela pior razão, comprar a edição da Civilização.

  37. Mafalda 25 Setembro, 2019 at 22:50 Permalink

    Boa noite,
    venho deste modo sugerir as seguintes obras:
    “The Gene: An Intimate History” de Siddhartha Mukherjee
    “A Crack in Creation” de Jennifer Doudna
    Obrigada pelo vosso tempo.

  38. Paulo palma 27 Setembro, 2019 at 17:08 Permalink

    Boa tarde estão a pensar editar o Betão e a Correcção do Thomas Bernard?

    Cump.

  39. José Meireles 30 Setembro, 2019 at 21:59 Permalink

    Boa noite
    Vão editar Henrik Pontoppidan?
    Cumprimentos

  40. Marta 1 Outubro, 2019 at 14:42 Permalink

    Há perspetiva de publicar alguma coisa do filósofo francês René Girard?

  41. Pedro 2 Outubro, 2019 at 8:12 Permalink

    Bom dia.
    Para quando a publicação de “O Adolescente” de Dostoiévski?
    Obrigado.

  42. José Reis 4 Outubro, 2019 at 14:32 Permalink

    Boa tarde!
    Disseram que iam publicar Salgari. Para quando e que obras?
    Será que estão a pensar editar a saga asiática de James Clavell? Gostaria muito!

    Cumprimentos

  43. José Reis 4 Outubro, 2019 at 14:34 Permalink

    Boa tarde? Estão previstas mais obras de Dickens, Dumas e Victor Hugo? Quais?

    Cumprimentos

    • Carlos Vasconcelos 7 Outubro, 2019 at 15:32 Permalink

      Estimado,
      Iremos ter mais obras dos três autores que refere. Assim que a data de lançamento estiver próxima anunciaremos.

  44. Augusta Clara Matos 7 Outubro, 2019 at 21:30 Permalink

    Boa noite!
    Venho propor a publicação de dois livros:
    – “Artemisia” da autoria da escritora italiana Anna Banti. Trata-se de um romance sobre a pintora Artemisia Gentileschi, muito elogiado por Susan Sontag numa das suas crónicas. Creio que nunca foi editado em Portugal;
    – “O Verão em Baden-Baden” do russo Leonid Tsípkin, sobre Dostoievski, publicado em 2003 pela Gótica e actualmente esgotado. Li-o e é um livro muito interessante.
    Grata pela atenção.
    Cumprimentos
    Augusta Clara de Matos

  45. Rui P. 8 Outubro, 2019 at 9:43 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Continuo a ler o Lukky Per em castelhano, é a edição que tenho… É um livro estraordinário, uma história fluente e plena de significado. Formidável.
    Decidam editar, pf, nós leitores agradeceremos.
    Cumprimentos

  46. Pedro Sousa 8 Outubro, 2019 at 21:15 Permalink

    Estimados,

    Irão dar continuidade à publicação da obra de Blanchot, nomeadamente de ‘L’écriture du désastre’?

    Grato pela atenção.
    Votos de um excelente trabalho,
    Pedro Sousa

  47. Arthur Rodrigues 11 Outubro, 2019 at 16:51 Permalink

    Em tempos que editar um livro vai sendo quase um ato revolucionário, confesso alguma vergonha de sugerir escritores e obras. No entanto, e porque algumas alternativas em língua estrangeira não são opção, há obras de dois autores que me despertam muita curiosidade e que são impossíveis de encontrar. Gerard de Nerval foi uma curiosidade adquirida pela leitura de Umberto Eco (Seis passeios no bosque da solidão, da Gradiva) e de quem recebi comentários de que se trata de um autor muito subvalorizado. Outro, Miroslav Krleža que possui 2 titulos editados na coleção miniatura livros do Brasil mas que possui muitos outros títulos interessantes e por haver uma lacuna na publicação de autores eslavos. Obrigado pela atenção

  48. Francisco Aresta 13 Outubro, 2019 at 4:15 Permalink

    Estarão por acaso a considerar traduzir alguma obra de Benjamin Fondane, poeta, filósofo, ensaísta, um autor que creio nunca foi editado em Portugal?

  49. Daisy Coutinho 19 Outubro, 2019 at 13:56 Permalink

    Boa tarde,

    Já têm alguma novidade sobre o lançamento de “E Tudo o Vento Levou de Margaret Mitchell ?

    Obrigado
    Cumprimentos
    Daisy Coutinho

  50. Susana Lopes 23 Outubro, 2019 at 13:07 Permalink

    Boa tarde,

    Há previsões de Shirley, de Charlotte Bronte, sair ainda este ano? Obrigada.

    • Carlos Vasconcelos 24 Outubro, 2019 at 17:01 Permalink

      Estimada,
      Deverá sair no segundo trimestre do próximo ano.

      • Catarina 29 Outubro, 2019 at 21:40 Permalink

        Vinha saber o mesmo, quando sai “Shirley”. Já tenho a resposta, obrigada a quem se antecipou. Estou à espera dessa tradução há muito tempo, pelo que aproveito para agradecer que o publiquem em breve. As irmãs Bronte merecem ter tudo traduzido.
        Gostaria de perguntar também quando vão traduzir o livro “Anne of Avonlea”, de Lucy Montgomery, que se segue ao “Anne of Green Gables” (traduzido por vocês como “Anne das Empenas Verdes”) e se irão também traduzir “Anne of the Island”, o terceiro livro da série, e os restantes.

        Obrigada,

        Catarina

  51. Verónica 27 Outubro, 2019 at 10:24 Permalink

    Bom dia,
    Têm planos para publicar o novo livro de Elena Ferrante (https://www.theguardian.com/books/2019/sep/09/publishers-announce-new-elena-ferrante-novel-out-in-november)? Se sim, para quando podemos esperar o lançamento?
    Obrigada,
    Verónica

  52. Carmo 27 Outubro, 2019 at 13:17 Permalink

    Já pensaram em Leonid Andreïev para a vossa colecção de Clássicos Russos? Um escritor maravilhoso e esquecido pelas editoras.
    Obrigada.

  53. Miguel Horta e Costa 28 Outubro, 2019 at 11:33 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Já pode confirmar a edição pela RdA do livro Lykke Per?
    Cumprimentos

  54. Gonçalo Noronha 29 Outubro, 2019 at 14:02 Permalink

    Lykke Per é um livro que me marcou para a vida. Um obra de uma dimensão gigante, que li em francês e que agora, em breve, poderei reler na nossa língua. Obrigado pela vossa constante procura de grandes obras que convertem em excelentes edições em Portugal. Logo que saia vou comprar. Uma pergunta: a tradução será feita a partir da língua original?

  55. Duarte Vicente da Silva 29 Outubro, 2019 at 17:52 Permalink

    Boa tarde
    Pode explicar-me o que faz na página das novidades o livro Retrato de uma senhora de Henry James? Ainda pir cima com a menção de esgotado!
    Cps
    Duarte Vicente da Silva

    • Carlos Vasconcelos 29 Outubro, 2019 at 17:56 Permalink

      Estimado,
      Por engano o livro não estava de todo presente no site, pelo que achamos por bem colocá-lo, apesar de de facto estar esgotado de momento.

  56. Duarte Vicente da Silva 31 Outubro, 2019 at 19:03 Permalink

    Para quando o livro de Ana Margarida de Carvalho?

  57. Augusta Clara Matos 4 Novembro, 2019 at 18:29 Permalink

    Boa tarde!
    Há uns meses li algures que a vossa editora ia publicar a Poesia Completa do António Gedeão. É verdade? No catálogo vejo “Obras completas” mas esgotado. Fico um bocado confundida com estas duas realidades. O que se passa?
    Augusta Clara

  58. Maria João 5 Novembro, 2019 at 5:15 Permalink

    Bom dia.
    Prevê a RdA editar “As Cartas de Van Gogh”?
    Obrigada.
    Maria João

  59. Malasartes 5 Novembro, 2019 at 18:20 Permalink

    Já consideraram publicar a obra de Gore Vidal?

    • Carlos Vasconcelos 6 Novembro, 2019 at 16:51 Permalink

      Estimado,
      salvo erro, Gore Vidal está cá publicado.

      • Artur Vieira 8 Novembro, 2019 at 17:36 Permalink

        Os ensaios não estão, e Gore Vidal é certamente um dos melhores ensaistas americanos do século XX.
        Não seria nada mal pensado a RA editar uma antologia de ensaios do autor, como fizeram com outros dois mestres do género, Orwell e V. Woolf.

        • Carlos Vasconcelos 11 Novembro, 2019 at 16:55 Permalink

          Estimado,
          Sim, verdade. Iremos analisar a situação.

          • Rui Queirós 24 Novembro, 2019 at 23:32 Permalink

            Os Ensaios Escolhidos de Gore Vidal seria certamente um dos livros ano!

  60. Maria Rodrigues 5 Novembro, 2019 at 20:41 Permalink

    Boa noite,
    É mesmo certo que o volume 6 de A Minha Luta de Knausgard sai em Dezembro? É que já houve tantas falsas expectativas…
    Maria Rodrigues

  61. João António Dias 6 Novembro, 2019 at 13:46 Permalink

    Boa tarde ,

    Não estaria na altura de publicarem ” A História da Loucura na Idade Clássica ” ,de Michel Foucault , que , tanto quanto sei , apenas teve edição em língua portuguesa , no Brasil ?

    Obrigado pela atenção.

  62. Augusta Clara Matos 6 Novembro, 2019 at 21:31 Permalink

    Boa noite!
    Três perguntas:
    1 – “O Spleen de Paris” está esgotado ou está integrado no livro de Beaudelaire que publicaram com vários contos?
    2 – Tencionam publicar o Simenon com o título “O Trio Africano”? Adoraria porque é sobre o Congo.
    3 – É mais uma proposta do que uma pergunta: também gostaria de ver no vosso catálogo o livro do Graham Green igualmente sobre o Congo de nome “Um Caso Arrumado”.
    Grata pela atenção
    A. Clara Matos

    • Carlos Vasconcelos 7 Novembro, 2019 at 17:35 Permalink

      Estimada,
      1. Esgotado. Iremos reimprimir em breve.
      2. É possível, sim.
      3. O autor está em outra editora pelo que nos é complicado adquirir direitos.

  63. Ana Carina 7 Novembro, 2019 at 13:28 Permalink

    Boa tarde. Gostaria de saber se prevêem editar o primeiro romance de Karl Ove Knausgård, com título em Português Fora do Mundo, de 1998. Em pesquisas que fiz, fiquei com a sensação de que ele iria ser traduzido para Inglês brevemente.
    Obrigada

  64. Dina Antunes 7 Novembro, 2019 at 22:51 Permalink

    Boa noite, para quando a edição do livro “As Ilhas dos Pinheiros”, de Marion Poschmann? Será ainda este mês? Obrigada.

  65. Filipa 11 Novembro, 2019 at 4:06 Permalink

    Boa noite!

    Vinha apenas deixar sugestão: “The Age of Surveillance Capitalism”, de Shoshana Zuboff. Seria um prazer vê-lo na vossa colecção de livros sobre Filosofia e Tecnologia.

  66. Duarte Vicente da Silva 11 Novembro, 2019 at 13:09 Permalink

    Boa tarde

    Para quando a publicação do livro “O abismo de fogo” de Mark Molesky?

    Obrigado

  67. brunocatita1 12 Novembro, 2019 at 11:39 Permalink

    Bom dia. Já consideraram editar a serie de livros “The Expanse” de James S. A. Corey? Adorava poder ler em português. É uma serie de livros bastante conhecida e que ganhou, e continua a ganhar bastantes prémios literários no género, além de estar sempre no top 10 dos melhores livros de ficção cientifica e ter uma serie televisiva de sucesso baseada nestes livros.

  68. João António Dias 12 Novembro, 2019 at 17:04 Permalink

    Boa tarde

    Exceptuando o título já anunciado , está nos vossos planos editar mais livros de Peter Handke ?

    Obrigado .

  69. Miguel 13 Novembro, 2019 at 10:47 Permalink

    Bom dia,

    Já há data especifica para o O Fim — A Minha Luta: 6, de Karl Ove Knausgård?

    Obrigado

  70. Rui P. 13 Novembro, 2019 at 14:55 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Como está o tema da edição de Lykke Per?
    Já há certeza de edição pela RdA?
    Cumprimentos

  71. António 13 Novembro, 2019 at 17:58 Permalink

    Boa tarde,
    Sabem informar-me quando está previsto o lancamento da Correspondência entre Agustina Bessa-Luís e Juan Rodolfo Wilcock, cujo está previsto no V/ planeamento editorial no mês de Setembro passado?
    Grato e os melhores cumprimentos.
    António Lourenço

  72. Carla Sousa 18 Novembro, 2019 at 15:40 Permalink

    Boa Tarde
    Já pensaram em editar algum livro de Robert Frost? É que simplesmente não existem livros dele traduzidos em português, o que honestamente me deixa um bocado perplexa! Porque não ser a Relógio d’Água a pioneira neste assunto e colmatar esta falha? Acho que muitos além de mim ficariam agradecidos.

    Grata pela atenção e por tudo quanto têm feito!

  73. Pedro Oliveira 20 Novembro, 2019 at 13:18 Permalink

    Bom dia,

    Queria apenas deixar uma palavra de apreço pela Relógio d’Água e seu trabalho no nosso mercado editorial.

    A minha editora de eleição. Sei que posso dar-me ao luxo de escolher um livro sem qualquer conhecimento prévio acerca do mesmo, que não sairei defraudado. Se a Relógio d’Água edita é de confiança e bem traduzido.

    Grande parte da minha educação literária passou pelo vosso trabalho e esforço. Muito vos tenho a agradecer.

    Faço votos que possam continuar a presentear-nos com a vossa distintiva qualidade durante muitos anos e que tenham o maior dos sucessos.

    Um forte abraço, para toda a equipa e funcionários da Editora, de um leitor – e fiel cliente – formado por vós. Felicidades para todos, no campo pessoal e profissional e um bom resto de ano.

    (Obrigado também por este espaço onde permitem que nós tenhamos parte activa e pelo feedback que nos dão, e por projectos como o Clássicos para os Leitores de Hoje)

    Muito Obrigado e um bom trabalho!

    • Carlos Vasconcelos 20 Novembro, 2019 at 15:10 Permalink

      Estimado,
      muito agradecemos as sua palavras e prometemos fazer tudo para continuar a editar livros que os nossos leitores possam adquirir “às cegas”.

  74. Felismina Dias 20 Novembro, 2019 at 18:28 Permalink

    Boa tarde.
    Subscrevo integralmente as palavras do “leitor” Pedro Oliveira.
    Aproveito para questionar se a RdA não considera ou considerou publicar um autor que merece tudo, menos o esquecimento, que é Bernard Malamud.
    E não me refiro aos seus notáveis contos, que foram em tempos publicados pela Cavalo de Ferro, mas aos seus igualmente brilhantes romances, como o “The Fixer” ( que teve edição há uns anos pela Minerva, com uma ótima tradução de Fernanda Pinto Rodrigues, e um péssimo titulo em português), mas também todos os outros como “The Assistant”, “The Natural”,”a New Life”, etc.
    Há autores que são votados são votados a um “limbo” incompreensível, não sei se pelos editores, se pelos leitores.
    De qualquer modo, fica aqui a “lembrança” desta leitora.
    Cumprimentos,
    Felismina Dias

  75. Hugo 20 Novembro, 2019 at 19:03 Permalink

    Boa tarde,

    Já existe data para o lançamento de “Leopardo Negro, Lobo Vermelho”, de Marlon James?

    Adicionalmente pergunto se existem planos para editar “a idade da inocência” de Edith Wharton.

    Obrigado

  76. Gonçalo 24 Novembro, 2019 at 22:57 Permalink

    Bom dia,

    Já há data especifica para o O Fim — A Minha Luta: 6, de Karl Ove Knausgård?

    Obrigado

  77. José Bernardino 26 Novembro, 2019 at 15:34 Permalink

    Viva!

    Por que não são editadas as obras de André Gide em Portugal? Não querem ser os primeiros a fazê-lo? Fica a sugestão.

    Boas edições!

    • Carlos Vasconcelos 26 Novembro, 2019 at 16:54 Permalink

      Estimado,
      agradecemos a sugestão.

      • Augusta Clara Matos 1 Dezembro, 2019 at 1:46 Permalink

        Boa noite.
        Eu já tinha sugerido o Diário do Gide muito elogiado pelo Eugénio Lisboa.
        A. Clara Matos

  78. Pedro M 27 Novembro, 2019 at 16:46 Permalink

    De facto, a edição/tradução do Gide em Portugal é escassa, o que até é (relativamente) surpreendente. Seria uma boa notícia a Relógio d’Água assegurar pelo menos uma selecção de obras.

  79. Rui P. 28 Novembro, 2019 at 10:47 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Retomo este contacto para novamente perguntar como está o tema da edição de Lykke Per?
    Cumprimentos

    • Carlos Vasconcelos 28 Novembro, 2019 at 16:01 Permalink

      Estimado,
      estamos à procura de um competente tradutor de dinamarquês.

      • Rui P. 29 Novembro, 2019 at 16:17 Permalink

        Aqui ficamos a aguardar, pacientemente, pois acreditamos que em breve leremos este vosso livro!
        Obrigado!

  80. Francisco 28 Novembro, 2019 at 11:26 Permalink

    Boa tarde,

    Sugestões\Pedidos: a poesia do Yehuda Amichai e a obra do Ariano Suassuna.

    O último volume de A Minha Luta sairá mesmo em Janeiro? Tem sido sucessivamente adiado. Quando questionei pela primeira vez indicaram-me uma data no verão, entretanto está no planeamento de Dezembro e agora já aparece em Janeiro…

    Cumprimentos e parabéns pelas opções editoriais,

  81. Isabela Lapa 28 Novembro, 2019 at 12:40 Permalink

    Há previsão para o lançamento do livro novo da escritora Djaimilia Pereira de Almeida, A visão das plantas ?
    Obrigada pela atenção !

  82. Eduardo 29 Novembro, 2019 at 15:53 Permalink

    Prezado, já tem uma data aproximada para disponibilização dos ebooks? Cumprimentos Eduardo.

    • Carlos Vasconcelos 29 Novembro, 2019 at 15:57 Permalink

      Estimado,
      Estamos de momento a ver o melhor modo de estabelecer parcerias para avançar tanto com e-books como com audiolivros.

  83. Márcio M. 2 Dezembro, 2019 at 18:28 Permalink

    Boa tarde,
    Quero agradecer a todos que fazem parte do Relógio de água (RdA) por títulos que disponibiliza ao público português. Desde de autores como N. K. Jemisin a Fernão Mendes Pinto….
    Quero saber se haverá o terceiro titulo (“The Stone Sky”) de NK Jemisin para 2020 e se haverá a tradução de “Фелікс Австрія” (trad. lit. Felix Áustria), de Софія Андрухович (Sofia Andrukhovych)

    • Carlos Vasconcelos 4 Dezembro, 2019 at 16:28 Permalink

      Estimado,
      muito agradecemos as suas palavras.
      Estamos a analisar ainda a publicação do terceiro volume da trilogia.
      Agradecemos ainda a sua sugestão, que iremos investigar.

  84. Augusta Clara Matos 2 Dezembro, 2019 at 20:37 Permalink

    Boa noite!
    Deixo uma proposta de duas obras de Marc Chagall ao vosso critério de edição. Que bom seria vê-las publicadas aqui. Não conheço nenhum livro deste maravilhoso pintor traduzido para português.
    Grata pela atenção.
    Cumprimentos.
    A. Clara

  85. Augusta Clara Matos 2 Dezembro, 2019 at 20:40 Permalink

    Peço desculpa, faltaram as obras:

    Marc Chagall, Ma vie , Stock, 1957.
    Marc Chagall, Poèmes , in Chagall et la musique , Gallimard, 2015.

    A. Clara

  86. Ana 3 Dezembro, 2019 at 9:30 Permalink

    Há previsão da data de lançamento do livro “A Muralha” de Agustina Bessa Luís? E vão editar os romances da mesma autora “Os incuráveis ” e “Longos dias têm cem anos”?
    Muito obrigada

  87. Rui P. 3 Dezembro, 2019 at 13:56 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Prevê editar “As Cartas de Van Gogh”?
    Cumprimentos

  88. Fabiano Realino 4 Dezembro, 2019 at 0:46 Permalink

    Estimados, bom dia.
    Estão previstos os volumes 11 e seguintes dos “Contos” de Tchékhov, tradução de Nina Guerra?
    Ou tal coleção constará apenas dos dez volumes já publicados?
    Obrigado!

  89. Gabriel Silva 4 Dezembro, 2019 at 17:53 Permalink

    Boa tarde.
    O Lucano sairá ainda este ano? No planeamento editorial aparece Novembro, mas ainda não se cumpriu.

    Obrigado pela atenção.
    Gabriel

  90. Pedro 5 Dezembro, 2019 at 16:05 Permalink

    Boa Tarde,

    Parabéns pelo excelente trabalho. Enquanto aguardo pela nova obra do Marlon James (da qual estou muito curioso), pergunto: Para quando a edição de mais obras de Philip K. Dick? E mantem se prevista a edição para este mês da obra “O Problema dos Três Corpos” de Cixin Liu?

    Obrigado e cumprimentos,

    • Carlos Vasconcelos 5 Dezembro, 2019 at 17:47 Permalink

      Estimado,
      Como pode confirmar, a obra de Marlon James já se encontra disponível.
      Teremos mais Philip K. Dick em 2020. Assim que soubermos que livros avisamos.
      Infelizmente “O Problema dos Três Corpos” foi adiado para 2020.

  91. Sara 8 Dezembro, 2019 at 16:25 Permalink

    Para quando o Nossa senhora de Paris de Victor Hugo e outras obras do Zola?
    E o que aconteceu à publicação do livro Estados de Fuga da Ana Teresa Pereira?

    Obrigada pela atenção.

    Sara

    • Carlos Vasconcelos 9 Dezembro, 2019 at 16:27 Permalink

      Estimada,
      “Nossa Senhora de Paris” sairá no começo do próximo ano.
      De Zola estamos a analisar a próxima obra a publicar.
      De Ana Teresa Pereira teremos um novo romance para bereve: “O Atelier da Noite”.
      Quando tivermos alguma novidade sobre “Estados de Fuga” avisaremos.

  92. Rui P. 9 Dezembro, 2019 at 9:47 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Pretendem editar obras de William Makepeace Thackeray, designadamente “A Feira das Vaidades”?
    A RdA tem publicada alguma obra do autor?
    Cumprimentos

  93. Daniel 10 Dezembro, 2019 at 12:44 Permalink

    Corpos Celestiais, de Jokha Alharti ainda irá sair este ano?

  94. Duarte Vicente da Silva 11 Dezembro, 2019 at 18:24 Permalink

    Boa tarde
    Agradeço um esclarecimento: o romance Anna Karenina (capa dura) tem cerca de 900 páginas e a versão capa mole cerca de 800. Isto deve-se a quê?
    Obrigado
    Cumprimentos

  95. Teresa 15 Dezembro, 2019 at 16:11 Permalink

    Boa tarde,

    Relativamente às obras de Raul Brandão, vejo que vários volumes nao se encontram disponiveis: por exemplo vejo o volume 1, Tomo I e Tomo III das memórias mas não vejo o Tomo II. Também não vejo, por exemplo, o volume 2 nem o volume 4, apesar de ver o volume 3 no site. Vão editar os volumes em falta? Obrigada

    • Carlos Vasconcelos 16 Dezembro, 2019 at 16:57 Permalink

      Estimada,
      Os três tomos das Memórias foram já compilados num único volume. Editámos já alguns livros em separado, e iremos fazer o resto com os restantes em falta.

  96. João Oliveira 16 Dezembro, 2019 at 12:42 Permalink

    Olá,

    Têm previsto para 2020 a edição de obras de vencedores do Prémio Nobel? Se sim, quais?

    Obrigado

    • Carlos Vasconcelos 16 Dezembro, 2019 at 16:56 Permalink

      Estimado,
      temos sim.
      Em breve divulgaremos a programação para o primeiro semestre de 2020.

      • Duarte Vicente da Silva 16 Dezembro, 2019 at 19:56 Permalink

        Boa noite
        Esperemos que essa programação inclua alguns livros de Simenon.
        Cumprimentos

  97. IARA BEATRIZ MORAIS GENEROSO 18 Dezembro, 2019 at 21:30 Permalink

    Boa tarde.
    Gostaria muito mesmo que publicassem as obras The Expande de James SA Corey.
    Já li Leviata Desperta que foi traduzido, mas os outros livros só encontro em inglês.
    Não sei inglês. Então estou esperando a tradução.
    Por favor pensem nisso. Eu compraria todos.
    A série é ótima, mas eu não troco um livro por um filme. Prefiro ler os livros.

  98. Cd 19 Dezembro, 2019 at 22:11 Permalink

    Bom dia,
    gostaria de saber se tencionam editar o último livro de recolha de crónicas de javier Marías (“Quando la sociedad es el tirano”).
    Obrigado.

  99. João 21 Dezembro, 2019 at 11:29 Permalink

    Bom dia,
    Está nos planos na Relógio D’Água a edição em português do “Dean’s December” do Saul Bellow? Trata-se do único romance de Bellow que nunca foi traduzido e ditado no nosso país.
    Por outro lado, sabendo que a Antígona tem publicado a obra de Aldous Huxley (não sei se dispõe de algum exclusivo), todavia, nunca publicou o “After Many a Summer (Dies the Swan)” está nos vossos planos a sua edição?
    Aproveito para desejar a todos um feliz Natal e um excelente ano de 2020.

  100. Rui P. 22 Dezembro, 2019 at 23:40 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Já ponderaram editar Gregory David Roberts, designadamente o livro Shantaram e a sua continuação The Mountain Shadow?
    Cumprimentos

  101. RQ 24 Dezembro, 2019 at 15:31 Permalink

    Ensaios escolhidos de Gore Vidal seria uma maravilha!

    Cumprimentos
    RQ

  102. Joana 27 Dezembro, 2019 at 13:09 Permalink

    Bom dia,
    Em que dia é que vão divulgar o planeamento para o primeiro semestre de 2020?
    Muito obrigado

  103. jjad 27 Dezembro, 2019 at 21:16 Permalink

    Olá,

    Seria possível traduzir mais alguns dos trabalhos de Carl Gustav Jung?
    Uma vez que se lançaram com o “Memórias, Sonhos, Reflexões” poderiam continuar com mais alguns para eu adicionar à colecção!
    Poderia até sugerir alguns…

    Cumprimentos

  104. Manuel Pereira 27 Dezembro, 2019 at 21:48 Permalink

    Boa noite,
    depreendendo que o último volume de A Minha Luta, de Karl Ove Knausgård, já não sai em 2019, gostaria de saber para quando está prevista a sua edição.
    Obrigado.

  105. João 28 Dezembro, 2019 at 16:00 Permalink

    Boa tarde,
    Já sabem a data concreta da publicação do ultimo volume da biografia do karl ove knausgard?

  106. Rui 29 Dezembro, 2019 at 16:40 Permalink

    Planeiam editar mais livros de Rachel Cusk?

    Cumprimentos

  107. Rui P. 30 Dezembro, 2019 at 17:55 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Retomo o contacto para perguntar como está o tema da edição de Lykke Per?
    Cumprimentos

  108. Carmo 2 Janeiro, 2020 at 11:07 Permalink

    Bom dia
    Nunca pensaram editar Mary Olivier? Os seus poemas são lindos e não encontro nada traduzido, por cá.
    Obrigada
    Carmo

  109. Teresa 2 Janeiro, 2020 at 21:31 Permalink

    Vão voltar a editar a Peregrinação de Fernão Mendes Pinto? Penso que a edição em 2 volumes foi descontinuada.

    Obrigada

  110. Duarte Vicente da Silva 11 Janeiro, 2020 at 13:02 Permalink

    Boa tarde

    O planeamento para este semestre está para breve?
    Cps

  111. Susana Lopes 13 Janeiro, 2020 at 14:43 Permalink

    Boa tarde,

    Em 2020, para celebrar o centenário de Clarice Lispector, irá ser publicado no Brasil o livro «Todas as Cartas», que inclui, para além da correspondência já conhecida da autora, cartas inéditas. À semelhança do que fez com «Todos os Contos» e «Todas as Crónicas», a Relógio D’Água planeia editar o livro igualmente em Portugal?

    Obrigada.

  112. Anne 16 Janeiro, 2020 at 11:31 Permalink

    Bom dia,

    Quando sairão os restantes livros da série “Anne das Empenas Verdes”? Pesquisei e ela está editada em muitas línguas e é muito famosa, o que não me admira, pois o “Anne das Empenas Verdes” é um livro maravilhoso.

    Cumprimentos.

  113. Vítor 16 Janeiro, 2020 at 18:53 Permalink

    Boa tarde,

    Para quando o último volume da trilogia de N. K. Jemisin?

    Obrigado

  114. José Oliveira 16 Janeiro, 2020 at 19:07 Permalink

    Boa tarde.
    Acabei de receber a vossa newsletter com o plano editorial para os próximos meses e dele não consta o livro “Três Conferências” dei Maria Filomena Molder, cuja saída já esteve prevista para diversas ocasiões.
    Seria possível elucidar-me qual o ponto da situação desse livro, se há alguma data prevista para a sua edição?
    E já agora : Está prevista a edição de algum outro livro de George Steiner ?
    Obrigado.
    Cordialmente,
    José Oliveira

    • Carlos Vasconcelos 20 Janeiro, 2020 at 17:24 Permalink

      Estimado,
      Iremos possivelmente ter mais Steiner este ano.
      Em relação ao livro de Maria Filomena Molder, estamos ainda a trabalhar no projecto com a autora.

  115. Marco 16 Janeiro, 2020 at 20:37 Permalink

    Muita coisa boa para 2020 … Mas não há Balzac?
    Obrigado.

  116. João 17 Janeiro, 2020 at 0:58 Permalink

    Boa noite,
    Estão a pensar publicar a crónica de D.João I de Fernão Lopes?
    E o milagre segundo salomé de José Rodrigues Migueis?
    Cumprimentos

  117. Susana Lopes 17 Janeiro, 2020 at 9:57 Permalink

    Bom dia,

    «E tudo o vento levou» e «Shirley» já não sairão até ao final de Junho?

    Aproveito também para pedir que por favor editem mais Turguenev e Stefan Zweig.

    Obrigada.

    • Anne 19 Janeiro, 2020 at 3:18 Permalink

      Aqui está uma pergunta que também queria muito fazer, já só sairão depois de Junho?

      Obrigada desde já.

    • Carlos Vasconcelos 20 Janeiro, 2020 at 17:22 Permalink

      Estimada,
      “E Tudo o Vento Levou” sairá antes de Junho.Está na programação editorial.

  118. Gonçalo 19 Janeiro, 2020 at 0:27 Permalink

    Boa noite,
    não há planos para antologias poéticas de Heine ou Holderlin? E também estendo a questão ao teatro de Schiller.

    Obrigado e cumprimentos

  119. Gonçalo 19 Janeiro, 2020 at 21:45 Permalink

    Muito boa noite,

    Gostaria de saber se se encontra planeada a publicação do romance “Nossa Senhora de Paris” de Victor Hugo (e se sim, quando estimam que a mesma venha a ocorrer)?

    Muito obrigado e cumprimentos!

  120. Ana Marques 22 Janeiro, 2020 at 12:22 Permalink

    Bom dia,
    Gostava de saber se o livro “O Atelier de Noite”, de Ana Teresa Pereira, sempre vai sair em Janeiro. E quanto à versão em português de “Fugue States” (Estados de Fuga), outrora anunciada pela editora?
    Continuação de um excelente trabalho.

    Atentamente,
    Ana Marques

    • Carlos Vasconcelos 22 Janeiro, 2020 at 15:18 Permalink

      Estimada,
      “O Atelier de Noite” sairá ainda esta semana.
      Em relação a “Estados de Fuga”, ainda estamos em conversações com a autora.

  121. Rui P. 22 Janeiro, 2020 at 19:51 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Recomendo a vossa atenção para a seguinte obra:
    M. EL HIJO DEL SIGLO de Antonio Scurati.
    Estou a ler a edição em castelhano.
    Cumprimentos

  122. CARLA DAWIDMAN 23 Janeiro, 2020 at 15:08 Permalink

    Prezado sr. Carlos, boa tarde,
    Sou uma escritora brasileira, do Rio de Janeiro, que escreve Literatura Infantojuvenil e, muito breve, publicarei um livro para crianças e jovens por uma editora de São Paulo.
    Gostaria de saber se vossa editora publica livros de autores brasileiros, pois tão logo estiver publicado, gostaria de lhe enviar um exemplar para a sua análise, seria possível?
    Agradeço desde já,
    Carla Dawidman
    carla-escritora@hotmail.com

Deixe uma resposta