Planeamento Editorial

PLANEAMENTO EDITORIAL ACTUALIZADO

Setembro
1. Um Bailarino na Batalha, de Hélia Correia
2. As Estações da Vida, de Agustina Bessa-Luís (prefácio de António Barreto)
3. Suíte e Fúria, de Rui Nunes
4. Vidas Escritas, de Javier Marías
5. Cartas a Milena, de Franz Kafka (trad. António Sousa Ribeiro)
6. Os Últimos Escritos, de Lev Tolstoi (trad. António Pescada)
7. Viagens, de Virginia Woolf (trad. Jorge Vaz de Carvalho)
8. No Verão, de Karl Ove Knausgård (ilustrações de Anselm Kiefer)
9. As Variedades da Experiência Religiosa, de William James
10. O Pangolim e Outros Poemas, de Marianne Moore (trad. Margarida Vale de Gato)
11. As Farpas, de Eça de Queiroz (org. de Maria Filomena Mónica. Pela primeira vez As Farpas escritas por Eça de Queiroz em edição autónoma e integral.)
12. Assimetria, de Lisa Halliday (trad. Inês Dias)
13. Mrs. Osmond, de John Banville (a «continuação» de Retrato de Uma Senhora, de Henry James, pelo vencedor do Man Booker Prize 2005)
14. Ressurreição, de Lev Tolstoi (trad. António Pescada)
15. De Portugal, da Europa e do Mundo — Reflexões de Economia e Política, de Vítor Bento

Outubro
1. Livro da Dança, de Gonçalo M. Tavares
2. Tens de Mudar a Tua Vida, de Peter Sloterdijk
3. Viver, de Yu Hua (trad. do chinês por Tiago Nabais)
4. Juro não Dizer nunca a Verdade, de Javier Marías (crónicas)
5. Quando os Tontos Mandam, de Javier Marías (crónicas)
6. Lisboa — Livro de Bordo, de José Cardoso Pires (fotografias de José Carlos Nascimento)
7. O Mayor de Casterbridge, de Thomas Hardy (trad. José Miguel Silva)
8. Vento, Areia e Amoras Bravas — Dentes de Rato — II Parte, de Agustina Bessa-Luís (ilustrações de Mónica Baldaque)
9. A Saga de Selma Lagerlöf, de Cristina Carvalho
10. A Chama, de Leonard Cohen (trad. Inês Dias)
11. Os Dois Lados, de Gonçalo M. Tavares
12. Os Amigos, de Gonçalo M. Tavares
13. Party, de Agustina Bessa-Luís (Prefácio da autora e de António Preto)
14. O Banquete, de Platão (ilustrações de Maria Helena Vieira da Silva; trad. Maria Teresa Schiappa de Azevedo)
15. O Livro por Vir, de Maurice Blanchot
16. Eu Vou, Tu Vais, Ele Vai, de Jenny Erpenbeck (trad. Ana Falcão Bastos)

Novembro
1. O Susto, de Agustina Bessa-Luís (prefácio de António Feijó)
2. Tess dos d’Urbervilles, de Thomas Hardy (trad. Frederico Pedreira)
3. Tchékhov: Uma Vida, de Igor Sukhikh (trad. de Nina Guerra e Filipe Guerra)
4. O Pregador Atormentado, de Thomas Hardy (trad. Vasco Gato)
5. Correio para Mulheres, de Clarice Lispector
6. Os Sonâmbulos, de Hermann Broch (trad. António Sousa Ribeiro)
7. Warlight, de Michael Ondaatje (trad. Margarida Periquito)
8. Como a Europa Pode Derrotar Trump, Slavoj Zizek (trad. Miguel Serras Pereira)
9. Fuck the Polis, João Miguel Fernandes Jorge
10. Novo Livro (ainda sem título) de Joaquim Manuel Magalhães
11. Pensamentos, de Blaise Pascal (Prefácio de T. S. Eliot)

Dezembro
1. As Confissões da Carne, de Michel Foucault (quarto volume inédito de História da Sexualidade)
2. Atlas do Corpo e da Imaginação, de Gonçalo M. Tavares
3. A História, de Elsa Morante
4. Things I don’t Want to Know, de Deborah Levy

212 Responses to “Planeamento Editorial”

  1. Dulcineide Lopes 27 Junho, 2018 at 22:30 Permalink

    Tess de Thomas Harry em Novembro…!

    Ai que calor Seu Carlos,
    É tempo demais para esperar pelo livro mais aguardado da temporada…
    E meu querido não esquece de fazer uma capa bem maneira.
    Tô aguardado na expectativa.
    Aí meu bem que calor!
    Sua
    Neide

  2. Celia Loureiro 28 Junho, 2018 at 11:41 Permalink

    Bom dia, meus caros.
    Planeiam publicar o E Tudo o Vento Levou? Pulitzer Prize, livro maravilhoso e praticamente extinto em Portugal?

  3. Dulcineide Lopes 30 Junho, 2018 at 17:37 Permalink

    Seu Carlos,
    Gostava de lhe pedir que considerasse, com carinho Os Sete Pilares da Sabedoria e o Casa Grande e Senzala. Também seria muito bom se você visse a qualidade e actualidade do belíssimo Incidente em Antares. Tudo livro bem bom de ler e que num tem.
    Agradeço a consideração,
    Sua
    Neide

  4. Hugo Mendes 1 Julho, 2018 at 9:31 Permalink

    Bom dia,

    Quem vai traduzir Os Sonâmbulos?

  5. DVS 1 Julho, 2018 at 17:52 Permalink

    Boa tarde
    Para quando o Testamento de Donadieu de Simenon?
    DVS

  6. Jaba Tonel 2 Julho, 2018 at 13:38 Permalink

    A questão que coloca a Célia Loureiro é mesmo muito boa. Estive a ver com muita atenção e posso indicar que as boas edições da RdA são insubstituíveis mas ainda encontrará os livros junto do jornal Público. Pode contactar directamente o Jornal ou pedir os dois livros (são dois e dos grossos) no quiosque do público no Colombo. Com os meus comprimentos.

    • Celia Loureiro 5 Julho, 2018 at 8:05 Permalink

      Bom dia, Jaba. Eu tenho o livro, de uma edição muito antiga. Mas acho que é hora de haver uma à altura, e serei a primeira a comprá-la.

  7. Henrique Martins 3 Julho, 2018 at 17:40 Permalink

    Boa tarde.
    Não haverá mais ficção cientifica/literatura fantástica publicada pela RdA até ao final do ano?
    Obrigado.
    Cps.
    Henrique Martins

    • Carlos Vasconcelos 4 Julho, 2018 at 16:59 Permalink

      Estimado Henrique,
      Teremos mais cientifica/literatura fantástica até ao final do ano.

      • Henrique Martins 5 Julho, 2018 at 16:22 Permalink

        Ótimo.
        Se continuar na linha editorial das ultimas obras ( “Quinta Estação” de N. K. Jemisin, é um livro de uma qualidade tremenda!) só posso esperar o melhor da RdA.
        Parabéns, e obrigado por arriscarem e apostarem na qualidade das obras apresentadas.
        Ficamos à espera que divulguem essas obras.

        Cps
        Henrique

  8. Sombra 3 Julho, 2018 at 19:03 Permalink

    Boa tarde,
    Olhando para o vosso planeamento posso deduzir que:
    – os pensamentos de Pascal não sairão?!
    – nada de Dickens?
    – nada do Projecto Shakespeare?
    Hum…

    • Carlos Vasconcelos 4 Julho, 2018 at 16:59 Permalink

      Boa tarde,
      O planeamento editorial que divulgamos contém apenas os destaques e não todos os livros.
      Todos os livros/autores que refere terão livros até ao final do ano.

      • Susana Lopes 13 Julho, 2018 at 14:16 Permalink

        O que irão editar de Shakespeare?

        • Carlos Vasconcelos 13 Julho, 2018 at 14:19 Permalink

          Estimada,
          Em dois ou três dias sairá António e Cleópatra. Iremos publicar depois toda a obra dramática do autor.

          • Sombra 16 Julho, 2018 at 14:31 Permalink

            Pensem na poesia de Shakespeare! Em capa dura, claro. Grato

          • Carlos Vasconcelos 16 Julho, 2018 at 16:46 Permalink

            Boa tarde,
            Agradecemos a sugestão.

  9. Henriques 4 Julho, 2018 at 17:13 Permalink

    Há tempos falava-se de Schopenhauer, e Sartre, não será tempo de voltar a ele e devolver os seus livros às livrarias?

  10. Margarida Velhinho 5 Julho, 2018 at 13:54 Permalink

    A História, de Elsa Morante!!! ? 🙂
    Viva!!! Boa! Boa!
    Obrigada,
    Margarida

  11. João Carlos 6 Julho, 2018 at 12:35 Permalink

    Boa tarde Sr. Carlos

    É apenas para expressar a minha satisfação para com a opção de terem escolhido António Sousa Ribeiro para traduzir Os Sonâmbulos. Espero também que possam introduzir um Prefácio ou uma Introdução à própria obra. Este é o género de conteúdo que falta às publicações portuguesas às grandes obras. Já nem questiono de não existirem edições críticas e anotadas, mas uma Introdução ou um Prefácio já era mais do que hora de se fazer. Então aqui fica o desafio à Relógio d´Água para começar a fazer edições de tradução e simultaneamente críticas. O importante é não só fazer chegar a Grande Literatura à nossa língua, mas como também de criar cada vez melhores leitores.

    Cumprimentos
    JC

  12. Daniel Rio 7 Julho, 2018 at 9:17 Permalink

    Bons dias, alguma previsão para a Farsália de Lucano? E as Odes de Píndaro?

  13. RP 8 Julho, 2018 at 10:12 Permalink

    Pode considerar a possibilidade de editar “Quando Tudo se Desmorona” de Chinua Achebe e o outros livros do autor?

  14. RP 8 Julho, 2018 at 14:42 Permalink

    Podem considerar publicar os livros de Lottie Moggach, designadamente a novela Kiss Me First.

  15. Paulo Mouta 8 Julho, 2018 at 16:00 Permalink

    Mais um livro de um dos melhores escritores de língua portuguesa na actualidade, H. G. Cancela. Excelente. Para além de todas as outras fantásticas escolhas editoriais.

  16. Sombra 8 Julho, 2018 at 22:15 Permalink

    Boa noite,
    Estão a pensar traduzir mais obras de Willa Cather?, Se sim, continuem com esta A Lost Lady. Grato

  17. Sombra 8 Julho, 2018 at 22:19 Permalink

    Boa noite,
    Está nos vossos planos traduzir A dama das camélias de Alexandre Dumas Filho? Grato

  18. Bela 11 Julho, 2018 at 12:55 Permalink

    Boa tarde. Planeiam voltar a publicar Elizabeth Gaskell ou Ford Madox Ford?

  19. Sofia Emília 14 Julho, 2018 at 10:36 Permalink

    Bom dia, ainda tencionam publicar o oitavo volume das obras escolhidas de goethe (poesia) e o sexto volume (obras dramáticas)? Obrigado e continuação de um bom trabalho

  20. H. Martins 20 Julho, 2018 at 11:32 Permalink

    Boa tarde,
    quero aqui recomendar uma trilogia fabulosa ,muito bem escrita e absolutamente original que mistura FC com Policial, e que ganhou quer o Edgar Award quer o Philip K. Dick Award.

    Trata-se da série ” The Last Policeman” de Ben H. Winters.

    Cps
    H. Martins

  21. André Filipe 24 Julho, 2018 at 21:15 Permalink

    Boa-noite! Recentemente, a RdA editou, numa belíssima edição, «Mulheres Excelentes», de Barbara Pym. Sendo esta uma «excelente» autora, mas muito pouco conhecida em Portugal (pelo que sei, há apenas outras duas obras editadas, já antigas e presumo que esgotadas), irá a RdA continuar a publicação de outras obras de Barbara Pym? Quais e para quando? Obrigado, e votos de um continuado sucesso editorial!

  22. Adriano Abreu 24 Julho, 2018 at 23:56 Permalink

    Para quando mais obras de Victor Hugo? Nossa Senhora de Paris??

  23. Susana Lopes 25 Julho, 2018 at 14:44 Permalink

    Boa tarde,

    Três perguntas:
    -Irão editar mais Emily Dickinson?
    – Há já alguma perspectiva de quando editarão «Vilette», de Charlotte Brontë?
    – Irá sair mais alguma coisa de William Shakespeare até ao final do ano?

    Grata.

  24. VF 26 Julho, 2018 at 8:20 Permalink

    Bom dia,

    Haverá lugar a mais obras de Joseph Brodsky?
    Penso, em particular, no livro de ensaios ‘On Grief and Reason’.

    Grato.

  25. Ines Rodrigues 30 Julho, 2018 at 9:14 Permalink

    Equacionar traduzir Clarissa, de Samuel Richardson?

  26. Francisco Aresta 1 Agosto, 2018 at 0:31 Permalink

    Boa noite!
    Gostaria de sugerir aquilo que considero ser uma grande falha do meio editorial português: uma edição cuidada das cartas de Van Gogh ao irmão, senão mesmo da correspondência completa.

    Grato.

  27. André Mendes 1 Agosto, 2018 at 20:57 Permalink

    Boa noite,
    Vão continuar as edições de Henry David Thoreau?

    Cumprimentos.

  28. Luis Dias 2 Agosto, 2018 at 17:09 Permalink

    Estimado editor,

    Alguma previsão, num futuro próximo, em apostar na publicação de obras de divulgação científica?
    Obrigado

  29. Pedro Chambel 3 Agosto, 2018 at 9:01 Permalink

    Gostava de saber se pretendem continuar a editar obras de Juan Carlos Onetti. Seria bem interessante se continuassem.

  30. Sombra 8 Agosto, 2018 at 2:45 Permalink

    Boa noite, estão a pensar reeditar Aulas de Literatura de Vladimir Nabokov? Se sim, quando? Grato

  31. Ana 9 Agosto, 2018 at 13:53 Permalink

    Que tal editarem mais obras de Rodoreda?
    Nomeadamente “O espelho quebrado”?

  32. Sandra Maria Lopes Carvalho 9 Agosto, 2018 at 14:05 Permalink

    O Romance de Genji de Murasaki Shikibu não será finalizado?
    Obrigada.

  33. miguel pedro 10 Agosto, 2018 at 8:49 Permalink

    parabens pela edição da excelente e premiada obra de N K Jemisin. Para quando está planeada a edição dos segundos e terceiros volumes?

  34. Raquel Ribeiro 10 Agosto, 2018 at 19:58 Permalink

    Boa tarde,
    Como funciona quando se pede a reedição de um livro que está fora de stock?
    Obrigado.

  35. André Mendes 11 Agosto, 2018 at 17:34 Permalink

    Boa tarde,
    Planos para editar mais Christopher Clark? Como por exemplo o seu mais recente livro sobre história alemã.
    Na mesma senda, também Timothy Snyder, e o esgotado “Bloodlands”?

    Cumprimentos.

    • Carlos Vasconcelos 13 Agosto, 2018 at 16:48 Permalink

      Estimado,
      Óptimas sugestões.
      De Snyder estamos a considerar publicar mais livros.
      De Clark, poderia dizer-nos de que livro está a falar?

      • André 14 Agosto, 2018 at 17:05 Permalink

        “Time and Power: Visions of History in German Politics from the Thirthy Years War to the Third Reich” e está previsto sair em Fevereiro do próximo ano, apesar de já existirem cópias para revisão.

        Cumprimentos,

  36. Fabio Correia 13 Agosto, 2018 at 23:36 Permalink

    Boas, sempre um prazer entrar em contato convosco. Gostaria de saber se há alguma possibilidade, mesmo que remotíssima, de termos Jakob Wassermann editado pela Relógio D’água? Principalmente a trilogia Maurizius? Wassermann, contemporâneo de Thomas Mann e Hermann Broch, escreveu uma obra de grande importância, que nos ajuda a entender a Alemanha pré-Nazista. Por favor, considerem. Um forte abraço

  37. Raquel Ribeiro 14 Agosto, 2018 at 3:27 Permalink

    Bom dia,
    Têm intenções de publicar Emma de Jane Austen na colecção Clássicos para leitores de hoje?
    Irá ser descatalogado? Porque está indisponível nas livrarias online, os exemplares à venda no vosso site serão os últimos?
    Obrigada.

    • Carlos Vasconcelos 20 Agosto, 2018 at 15:04 Permalink

      Estimada,
      Não temos planos para publicar o livro na colecção de “clássicos para leitores de hoje”.
      Mas o livro não está esgotado. Pode encomendar pelo nosso site.

  38. João Pedro 16 Agosto, 2018 at 13:21 Permalink

    Boa tarde.

    Tendo em conta os lançamentos de Thomas Hardy em Novembro, gostaria de saber se tencionam publicar Far from the Madding Crowd?

    Grato.

  39. Duarte Vicente da Silva 16 Agosto, 2018 at 20:08 Permalink

    Boa tarde
    Para quando o Testamento de Donadieu de Simenon?
    Duarte Vicente da Silva

  40. Francisco Abreu 17 Agosto, 2018 at 17:39 Permalink

    Está nos vossos planos reeditar os romances de Thomas Bernhard? Derrubar Árvores e Antigos Mestres por exemplo ..

  41. Daniel Pereira 20 Agosto, 2018 at 10:18 Permalink

    Bom dia
    Estão a planear editar os restantes livros da série da Quinta Estação da N.K. Jemisin?
    Cumprimentos
    Daniel Pereira

  42. João Marques 21 Agosto, 2018 at 0:01 Permalink

    Planeiam publicar Joseph Roth?

  43. Ines Rodrigues 21 Agosto, 2018 at 0:01 Permalink

    Boa noite, têm intenção de publicar mais obras de Barbara Pym? ‘Mulheres Excelentes’ é delicioso!
    Os melhores livros que li este ano são da Relógio d’Água, sem dúvida – maravilhoso ‘Para o Casamento’, do John Berger!

  44. Nuno Oliveira 21 Agosto, 2018 at 15:17 Permalink

    Boa tarde,

    Planeiam avançar com edição em capa dura de “Otelo” e Macbeth”, à semelhança de outros títulos disponíveis na vossa editora de William Shakespeare?

    Cumprimentos

  45. João Carlos 23 Agosto, 2018 at 15:16 Permalink

    Boa tarde,

    Fazem intenções de em breve editar Coriolano no Projecto Shakespeare?

    Cumprimentos
    JC

  46. Francisco 24 Agosto, 2018 at 13:16 Permalink

    Thomas Bernhardt está nos vossos planos.? Obrigado

  47. João 28 Agosto, 2018 at 8:56 Permalink

    Pensam editar a vida do espirito da hannah arendt?
    Obrigado.

  48. Nelson Zagalo 28 Agosto, 2018 at 23:26 Permalink

    Aguardo com expectativa o La Storia de Elsa Morante
    obrigado.

  49. Nelson Zagalo 29 Agosto, 2018 at 8:23 Permalink

    Bom dia,
    Aproveito para questionar se existem planos para algum dos seguintes:

    A Madman’s Diary, Lu Xun
    Zorba, o Grego, Nikos Kazantzakis
    Invisible Man, Ralph Ellison
    O Som da Montanha, Yasunari Kawabata
    Season of Migration to the North, Tayeb Salih
    Look Homeward, Angel, Thomas Wolfe

    Obrigado

    • Carlos Vasconcelos 3 Setembro, 2018 at 20:18 Permalink

      Estimado,
      por ordem:
      1) sim
      2) não
      3) talvez
      4) salvo erro está publicado na D. Quixote
      5) talvez
      6) talvez

      • Nelson Zagalo 7 Setembro, 2018 at 13:08 Permalink

        Muito Obrigado.

        Quanto ao do Kawabata, não está publicado, mas como eles tem vindo a publicar o autor, é provável que o façam.

  50. Fabio Rodrigues 29 Agosto, 2018 at 12:00 Permalink

    Consideram editar “A Little Life” de Hanya Yanagihara?
    Cumprimentos e obrigado.

  51. Nair Lopes 29 Agosto, 2018 at 13:45 Permalink

    Boa tarde,

    Pensam expandir a colecção “Clássicos para leitores de Hoje”? Se sim, podem divulgar os próximos títulos, por favor?

    Cumprimentos

  52. Pedro Sousa 29 Agosto, 2018 at 14:15 Permalink

    Estimados,

    Aproveito a boa notícia da reedição d’ O Livro Por Vir para perguntar se pensam continuar a publicação da obra de Maurice Blanchot.

    Continuação de um excelente trabalho.
    Cumpts.,
    Pedro Sousa

  53. Agata Rola 29 Agosto, 2018 at 21:43 Permalink

    Boa noite, para quando as “Cartas a Milena” de Franz Kafka? Obrigado.
    Cumprimentos

  54. António 31 Agosto, 2018 at 18:10 Permalink

    Gostaria de saber para quando está prevista a edição de Os Incuráveis, de Agustina.

  55. Agata Rola 3 Setembro, 2018 at 11:56 Permalink

    Bom dia, quando é que sai “Cartas a Milena” de Franz Kafka? Obrigado.
    Cumprimentos

  56. Alexandra 4 Setembro, 2018 at 9:13 Permalink

    Bom dia! Está previsto sair algum título da coleção Mumins este ano?
    Se sim , qual seria o título e a qual a data de edição?
    Continuação de um excelente trabalho.

  57. José Oliveira 4 Setembro, 2018 at 22:09 Permalink

    Boa noite.
    Vinha apenas pedir-vos para se possível traduzirem e editarem o livro “A Morte da Tragédia” de George Steiner. Apenas encontro o livro em língua inglesa e não na francesa (que domino melhor). Além de preencher uma grave lacuna no que respeita à edição de Steiner em português, seria igualmente uma forma de prestigiar ainda mais o vosso já excelente catálogo.
    Muito obrigado.
    José Oliveira

  58. António 6 Setembro, 2018 at 17:28 Permalink

    Bom dia,

    A perspectiva de edição do sexto volume de “A Minha Luta” mantém-se para Novembro?

    Cumprimentos

  59. Hélder Fialho 6 Setembro, 2018 at 19:46 Permalink

    Boa noite,

    Gostaria de vos pedir para considerarem editar a Poesia Completa de João de Deus, “Campo de Flores”, incluindo os poemas dos livros “Flores do Campo” e “Ramo de Flores”, bem como, se possível, “Folhas Soltas” e “Despedidas do Verão”.

    Com os melhores cumprimentos,

    Hélder Fialho

  60. Filipe Martins 7 Setembro, 2018 at 8:41 Permalink

    Ora viva.

    Em Portugal nao ha nada de jeito do Guimaraes Rosa. Posso sugerir o Grande Sertao: Veredas?

    Obrigado,
    Filipe Martins

    • Carlos Vasconcelos 12 Setembro, 2018 at 13:40 Permalink

      Estimado,
      É uma grande obra e há muito que temos essa intenção. Mas salvo erro saiu uma edição no Público em tempos.

      • Carmo 15 Setembro, 2018 at 18:56 Permalink

        Se são as edições que estou a pensar, não gosto.
        Por favor pensem com carinho numa edição do Grande Sertão.

  61. J C Håndlykken-Luz 11 Setembro, 2018 at 13:30 Permalink

    Olá.
    Li hoje no jornal O Público que o quarto volume de A História da Sexualidade do Michel Foucault será lançado este ano. Porém o jornal não diz quando. Há alguma previsão de exatamente quando isto ocorrerá?

    Cumprimentos,
    Jean Carlos Håndlykken-Luz

  62. Rafael Carvalho 11 Setembro, 2018 at 21:07 Permalink

    Poesia Completa de Dylan Thomas anunciado há anos ficou na gaveta?

  63. Pedro M 12 Setembro, 2018 at 15:30 Permalink

    A fazer claque pela edição do João Guimarães Rosa nesta casa. Da intenção à acção!

  64. Maria A. 12 Setembro, 2018 at 16:52 Permalink

    Boa tarde,
    É com muito agrado que vejo que vão publicar Thomas Hardy. Espero que além dos anunciados editem também “The Return of the Native” e “The Woodlanders”.

    Cumprimentos,
    Maria A.

  65. Daniel 12 Setembro, 2018 at 17:35 Permalink

    Boa tarde,
    Alguma possibilidade de virem a publicar Naguib Mahfouz, principalmente a Trilogia do Cairo.
    Obrigado

  66. Saloca Viegas 13 Setembro, 2018 at 16:02 Permalink

    E para quando uma espécie de “Trabalhos de Casa – Volume II” de Rogério Casanova?

  67. Rafael Atalaio 14 Setembro, 2018 at 11:44 Permalink

    E para quando o Novalis?

  68. Maria 15 Setembro, 2018 at 12:53 Permalink

    Boa tarde,
    Gostaria de saber se está nos vossos planos traduzir mais livros de Edith Wharton. Existem vários livros nunca traduzidos em Portugal. E é uma pena!
    Obrigada
    Maria A.

  69. Carmo 15 Setembro, 2018 at 19:04 Permalink

    Boa tarde
    Estão a planear publicar mais obras de Dostoiévski nos Clássicos para Leitores de Hoje? Se sim, quais?
    Obrigada
    Carmo

  70. Pedro Sousa 19 Setembro, 2018 at 18:34 Permalink

    Estimados,

    Talvez seja somente no meu computador, mas há alguns dias que não consigo ler as pré-visualizações (‘clique para ler as primeiras páginas’).

    Obrigado pela atenção.

    Cordialmente,
    Pedro Sousa

  71. Hugo 20 Setembro, 2018 at 19:39 Permalink

    Boa noite,
    O que aconteceu ao lançamento do A Ciência de Interstellar?

  72. André Mendes 27 Setembro, 2018 at 16:07 Permalink

    Boa tarde,
    Vão editar mais John Berger? Se sim, alguma colecção de ensaios? Agradecido desde já.
    Cumprimentos,

    André Mendes

  73. José Oliveira 28 Setembro, 2018 at 7:30 Permalink

    Bom dia.
    Sem querer abusar da vossa boa vontade e sabendo da imensa riqueza do vosso catálogo, vinha no entanto sugerir dois nomes escandalosamente esquecidos pelas nossas editoras: 1) Pascal Quignard: Escritor prodigioso, autor de uma obra imensa e multifacetada, há quanto tempo não é cá traduzido e editado? Aqui está um exemplo de autor de quem a Relógio podia tentar adquirir os direitos e editar com regularidade. Se tal vier a ser possível, o problema aí seria a escolha das obras, de tal maneira ele é um escritor prolixo. Sugestão: Não indo mais atrás, que tal começar com os seus dois últimos livros “Les Larmes” e “L’Enfant d’Ingolstad”? São dois livros admiráveis. 2) Roberto Calasso:. Caso ainda mais chocante de um grande escritor abandonado pelas nossas editoras, este italiano que tem, se não me falha a memória, 3 ou 4 livros cá editados. Ou talvez nem tanto. Julgo ser mais que oportuno retomar a edição da bela obra de um autor, apesar de tudo, ainda pouco conhecido por cá.
    E é tudo. Obrigado e continuação do vosso excelente trabalho.
    José Oliveira

  74. José Reis 29 Setembro, 2018 at 13:17 Permalink

    Estimados,

    Para quando obras de Emilio Salgari? E quais os primeiros títulos?

    Pensam editar, Irving Wallace?
    Obrigado

  75. GC 29 Setembro, 2018 at 15:00 Permalink

    Caríssimo editor
    o mês de setembro está a acabar e ainda não editaram o livro de William James… existe previsão da nova data em que será lançado?
    obrigado

  76. Raquel Ribeiro 29 Setembro, 2018 at 19:10 Permalink

    Bom dia,
    Pensam editar mais obras das irmãs Bronté? Seria muito bom, estamos limitados apenas a 2 ou 3 mais conhecidas.
    Pela vossa editora seriam verdadeiras pérolas:)
    Obrigada

  77. Pedro S M 2 Outubro, 2018 at 15:26 Permalink

    Caro Carlos,
    “The Recognitions” do William Gaddis poderia ser uma edição a médio prazo na Relógio d’Água?
    Atentamente,

  78. Margarida Carmo 3 Outubro, 2018 at 10:38 Permalink

    Bom dia.
    Os meus parabéns pelas vossas edições, são magníficas, espero que continuem com essa força. Quando compro um livro, dou sempre preferência às vossas edições (quer o formato, quer a qualidade do papel – já para não falar no cuidado nas traduções e a própria escolha das obras e autores a editar – , me agrada mais do que as de todas as outras editoras).
    Apenas queria chamar a atenção para o facto de não conseguir ler as primeiras páginas das novas publicações no vosso site, o que me deixa bastante desapontada já que não consigo dar satisfação imediata à minha curiosidade. Já tentei métodos alternativos para chegar a essa leitura, mas não obtive quaisquer resultados. Não sei se é um problema com o vosso site ou com o meu computador.
    Obrigada pela atenção,

    Margarida Carmo, Figueira da Foz

    • Carlos Vasconcelos 3 Outubro, 2018 at 14:02 Permalink

      Estimada,
      Muito agradecemos as suas palavras.
      Estamos a tentar resolver o problema do site neste preciso momento. Contamos ser breves.

  79. Susana Lopes 3 Outubro, 2018 at 17:10 Permalink

    Boa tarde,

    Ponderam vir a editar Érico Veríssimo?
    E «Mathilda», de Mary Shelley?

  80. José Oliveira 6 Outubro, 2018 at 22:04 Permalink

    Boa noite.
    Só uma pequena pergunta: O novo livro de Rui Nunes, “Suite e Fuga” previsto para Setembro ainda não saiu.
    Para quando está prevista a chegada às livrarias?
    Muito obrigado.
    Cordialmente,
    José Oliveira

  81. Pedro Sousa 7 Outubro, 2018 at 21:40 Permalink

    Boa noite,

    Simplesmente para informar que já consigo pré-visualizar as primeiras páginas das obras.

    Grato pela atenção.

    Cumprimentos,
    Pedro Sousa

  82. Sofia emília 8 Outubro, 2018 at 11:57 Permalink

    Bom dia, está nos vossos planos expandir as obras de soren kierkegaard, se sim com que obras? Obrigada

  83. Afonso Bernardes 8 Outubro, 2018 at 14:42 Permalink

    Muito obrigado pela tão aguardada edição da obra completa de Rimbaud. Embora com tradução a dois ritmos (sendo que fica provado que nisto da tradução de poesia a idade não é um posto…), é uma bela edição que, por uma vez, justifica totalmente o elevado preço.

    Vejo, contudo, com muita tristeza que até ao fim do ano não está prevista mais nenhuma edição de poesia, no que representa um claro desinvestimento neste género. Esta política é para manter? Devemos deixar de considerar a Relógio de Água como uma (a única na sua dimensão) editora de poesia?

    • Carlos Vasconcelos 9 Outubro, 2018 at 15:03 Permalink

      Estimado,
      Continuaremos claro a publicar poesia.
      Em breve teremos poesia de Marianne Moore, João Miguel Fernandes Jorge e Joaquim Manuel Magalhães.

      • Sombra 10 Outubro, 2018 at 11:06 Permalink

        Esqueceu-se de anunciar a poesia de Shakespeare e Emily Dickinson ambas com tradução de Ana Luísa Amaral. Espero que a de Shakespeare seja em capa dura. Grato

  84. José Oliveira 10 Outubro, 2018 at 12:12 Permalink

    Boa tarde.
    Antes de mais gostaria de felicitar a editora na sequência da resposta dada ao leitor Afonso Bernardes, na qual se anuncia para breve edições de João Miguel Fernandes Jorge e Joaquim Manuel Magalhães. Boas notícias!
    Mas o que me traz aqui hoje é um pouco distinto: Vinha sugerir a reedição da famosa “Trilogia da Cidade de K.” de Agota Kristof, em tempos editada pela ASA e há muito esgotada.
    Julgo ser uma lacuna importante em qualquer biblioteca e um acrescento de prestígio ao vosso já excelente catálogo.
    Era só.
    Continuação do vosso magnífico trabalho.
    Cordialmente,
    José Oliveira

    • Carlos Vasconcelos 10 Outubro, 2018 at 13:42 Permalink

      Estimado,
      Agradecemos as suas palavras, e iremos considerar a sugestão.

    • Carlos Miguel 17 Outubro, 2018 at 19:07 Permalink

      Boa tarde,
      Parabéns pelo trajecto fantástico que a RA tem feito! É bom saber que nem todas as editoras se “vendem”. Para nós, leitores que se recusam a consumir literatura “pastilha elástica”, a RA é uma dádiva.
      Bem, quero apenas juntar a minha voz à do Sr. José Oliveira, que tão bem falou sobre editar Ágota Kristóf. Sem dúvida uma grande lacuna no mercado editorial nacional. E ninguém melhor do que a RA para tratar de corrigir isso. Seria o primeiro a comprar. Pensem nisso, por favor. Obrigado por tudo.
      Cordialmente,
      Miguel Leite

  85. Nair Lopes 12 Outubro, 2018 at 14:22 Permalink

    Boa tarde,

    Gostaria de saber se na vossa colecção de Ciência planeiam editar mais livros de Stephen Jay Gould. Apesar de grande parte da sua obra estar publicada pela Relógio d’Água e outras editoras, existem outros livros importantes que, tanto quanto sei, nunca foram publicados em Portugal, nomeadamente “Time’s Arrow, Time’s Cycle”, “Dinosaur in a Haystack”, “Rocks of Ages: Science and Religion in the Fullness of Life”, “The Lying Stones of Marrakech” e “I Have Landed: The End of a Beginning in Natural History”. Tendo em conta a qualidade de Stephen Jay Gould como paleontólogo e divulgador de ciência, penso que a publicação destes livros iria enriquecer bastante o vosso catálogo científico. Agradeço desde já a resposta.

  86. Sofia emília 14 Outubro, 2018 at 23:44 Permalink

    Boa noite, já consideraram publicar os cantos de ezra pound ?

  87. José 16 Outubro, 2018 at 17:24 Permalink

    Bom dia,
    A edição das obras de Simenon que estão a levar a cabo é um trabalho que visa abranger a sua bibliografia integral?
    E qual é a previsão de lançamento para o “No Verão” e para o último volume de “A Minha Luta” de Knausgard?
    Cumprimentos,

    • Carlos Vasconcelos 17 Outubro, 2018 at 15:38 Permalink

      Estimado,
      Não será integral, mas teremos mais livros de Simenon.
      “No Verão” sairá até final do ano.
      O último volume de “A Minha Luta” são cerca de 1300 páginas de tradução, pelo que irá demorar um pouco ainda…

  88. Carlos Almeida 16 Outubro, 2018 at 17:26 Permalink

    Boa tarde,
    Além do “Ressurreição” têm mais alguma obra do Tolstói prevista para edição a médio/longo prazo?

    • Carlos Vasconcelos 17 Outubro, 2018 at 15:37 Permalink

      Estimado,
      Editámos recentemente “Os Últimos Escritos”. Além destes dois, não temos nada previsto do autor num futuro próximo.

  89. Filipe Martins 17 Outubro, 2018 at 10:16 Permalink

    Bom dia
    Têm previsão de lançamento do 2º volume da série Terra Fraturada?
    Muito obrigado

  90. Bruno Monteiro 17 Outubro, 2018 at 13:50 Permalink

    Caro editor, boa tarde,

    Existe alguma possibilidade de ter uma nova impressão do “Ofício de Viver” de Cesare Pavese? O livro está esgotado e não existe nenhuma outra versão (analógica ou digital) no mercado.

    Obrigado e parabéns pelo óptimo trabalho realizado.

  91. Ana 17 Outubro, 2018 at 16:06 Permalink

    Boa tarde.
    Gostaria de saber qual a diferença existente entre a vossa edição de cartas a milena e a da Assírio. O preço e o número de páginas é bastante díspare.
    Agradeço a atenção.

  92. Rui P. 18 Outubro, 2018 at 10:14 Permalink

    A RdA vai editar o novo Booker (Milkman de Anna Burns)?

  93. Rui P. 18 Outubro, 2018 at 10:56 Permalink

    Gostaria de saber se vão fazer uma nova edição de Madame Bovary. A que há há há muito tempo, seria bom ponderar uma reedição na coleção Clássicos de Hoje.

  94. Sérgio Pires 21 Outubro, 2018 at 18:53 Permalink

    Boa noite,
    Gostava de saber se pretendem publicar futuramente alguma obra de Alfred de Vigny, escritor completamente ausente do panorama literário nacional.
    Desde já muito obrigado.

  95. João Pedro Fazendeiro 22 Outubro, 2018 at 11:33 Permalink

    A Relógio de Água, é sem dúvida, a melhor editora portuguesa, a editora de sonho. Nada existe minimamente semelhante em Portugal, pela selecção dos autores, clássicos e contemporâneos, por ter um catálogo variado, traduções excelentes, edições muito cuidadas e capas quase sempre magnificas. Confesso que já comprei alguns livros que desconhecia só pela capa… e raramente me arrependi.

    A Relógio de Água faz verdadeiro serviço público, ao disponibilizar aos leitores portugueses pela primeira vez, ou pela primeira vez em boas traduções, clássicos da literatura, de autores tão importantes como Shakespeare, Tolstoi, Dostoievski, Turgueniev, Tchekov, Dickens, Austen, George Elliot, Hardy, Victor Hugo, Dumas.

    Calculo que o empreendimento de trazer certos livros para língua Portuguesa seja um investimento arriscado, caro e moroso, mas são livros que perduram nas livrarias e que se vão vender sempre. Depois criaram um público fiel à editora, que acorre às novas edições, o que creio não acontecer com qualquer editora outra hoje em dia, talvez antes com a antiga Assírio & Alvim.

    Apenas uma sugestão, na senda do magnifico trabalho que desenvolvem, que tal atacarem dois autores americanos tão importantes, como o Henry James e a Edith Wharton? A pouco e pouco, um livrinho por ano….Pelo menos as seguintes obras deveriam ter uma boa tradução em Português e só a Relógio de Água poderá fazê-lo.

    Henry James:
    The American
    The Europeans
    The Bostonians
    The Wings of the Dove
    The Ambassadors
    The Golden Bowl

    Edith Wharton:
    The House of Mirth
    The Reef
    The Custom of the Country
    The Age of Innocence
    The Glimpses of the Moon
    Twilight Sleep
    The Children
    Hudson River Bracketed
    The Gods Arrive

    Continuem com o vosso bom trabalho, que pela minha parte continuarei a ser um leitor e comprador fiel.

Deixe uma resposta