Promoção!

A MORTE DO PAI

22.00 € 19.80 €


João Reis
9789896414788
384
15,3 x 23,3 cms
Capa Mole
588 gr

Karl Ove Knausgård escreve sobre a vida com dolorosa honestidade. Escreve sobre a infância e os anos de adolescência, a paixão pelo rock, a relação com a sua afectuosa e algo distante mãe, e o seu pai, sempre imprevisível, cuja morte o desorientou. O álcool e a perda pairam como sombras sobre duas gerações da família.
Quando ele próprio se torna pai, Knausgård tem de encontrar um equilíbrio entre o amor pela família e a determinação em escrever.
Knausgård criou uma história universal de lutas, grandes e pequenas, que todos enfrentamos na vida. Um trabalho profundo e hipnotizante, escrito como se a própria vida do autor estivesse em risco.
A Morte do Pai é o primeiro de seis romances que compõem a obra autobiográfica A Minha Luta.

«Inacreditável… Deixou-me sem palavras.»
[Zadie Smith]

«Poderosamente vivo… Knausgård é intenso e profundamente honesto, sem medo de dar voz às ansiedades universais (…). Existe algo de incessantemente atraente neste livro.»
[James Wood, The New Yorker]

«(…) É de cortar a respiração. Não conseguimos parar. Não queremos parar.»
[New York Times Book Review]

«É talvez o mais significativo projecto literário do nosso tempo.»
[The Guardian]


Karl Ove Knausgård escreve sobre a vida com dolorosa honestidade. Escreve sobre a infância e os anos de adolescência, a paixão pelo rock, a relação com a sua afectuosa e algo distante mãe, e o seu pai, sempre imprevisível, cuja morte o desorientou. O álcool e a perda pairam como sombras sobre duas gerações da família.
Quando ele próprio se torna pai, Knausgård tem de encontrar um equilíbrio entre o amor pela família e a determinação em escrever.
Knausgård criou uma história universal de lutas, grandes e pequenas, que todos enfrentamos na vida. Um trabalho profundo e hipnotizante, escrito como se a própria vida do autor estivesse em risco.
A Morte do Pai é o primeiro de seis romances que compõem a obra autobiográfica A Minha Luta.

«Inacreditável… Deixou-me sem palavras.»
[Zadie Smith]

«Poderosamente vivo… Knausgård é intenso e profundamente honesto, sem medo de dar voz às ansiedades universais (…). Existe algo de incessantemente atraente neste livro.»
[James Wood, The New Yorker]

«(…) É de cortar a respiração. Não conseguimos parar. Não queremos parar.»
[New York Times Book Review]

«É talvez o mais significativo projecto literário do nosso tempo.»
[The Guardian]

REF: 1760143 Categoria: