Planeamento Editorial

Planeamento Editorial Março, Abril e Maio 2018

Março
1. O Senhor Teste, de Paul Valéry
2. Os Clientes de Avrenos, de Georges Simenon
3. Oliver Twist, de Charles Dickens (Tradução de Paulo Faria)
4. Diários, de Virginia Woolf (Tradução de Jorge Vaz de Carvalho)
5. Obra Completa, de Arthur Rimbaud (Tradução de Miguel Serras Pereira e de João Moita)
6. China em Dez Palavras, de Yu Hua (Tradução do chinês de Tiago Nabais)
7. O Manto, de Agustina Bessa-Luís (Prefácio de João Miguel Fernandes Jorge)
8. Os Meninos de Ouro, de Agustina Bessa-Luís (Prefácio de Pedro Mexia)
9. Ressurreição, de Lev Tolstói (Tradução de António Pescada)
10. A Expulsão do Outro, de Byung-Chul Han
11. Com Esta Chuva, de Annemarie Schwarzenbach
12. O Delfim, de José Cardoso Pires (Clássicos para Leitores de Hoje)

Abril
1. Grandes Esperanças, de Charles Dickens (Tradução de Frederico Pedreira)
2. No Verão, de Karl Ove Knausgård
3. O Testamento de Donadieu, de Georges Simenon
5. Tens de Mudar de Vida, de Peter Sloterdijk
6. O Sonho de Bruno, de Iris Murdoch
7. O Livro das Odes Nemeias de Píndaro, de Maria Mafalda Viana
8. Pippi nos Mares do Sul, de Astrid Lindgren

Maio
1. O Quarto de Marte, de Rachel Kushner (Autora de Os Lança-Chamas e Telex de Cuba)
2. A Quinta Estação, de N. K. Jemisin (2x vencedora Hugo Awards para Melhor Romance)
3. Pequenos Fogos em Todo o Lado, de Celeste Ng (O romance irá ser adaptado a série televisiva por Reese Witherspoon e Kerry Washington)
4. Confabulações, de John Berger
5. A Ciência do Interstellar, de Kip S. Thorne (Livro que revela a ciência por detrás do filme de culto de Christopher Nolan; autor vencedor do Prémio Nobel de Física 2017)
6. Livro da Dança, de Gonçalo M. Tavares

407 Responses to “Planeamento Editorial”

  1. Dulcineide Lopes 13 Dezembro, 2017 at 11:42 Permalink

    Seu Carlos,
    Estou aqui toda melada com este Conde Monte de Cristo. A tradução é excelente e os livros são tão lindos. Eta leitura boa!
    Vocês são memo supimpa!
    Ai.
    Sua,
    Neide

  2. Carmo 13 Dezembro, 2017 at 15:15 Permalink

    Boa tarde
    Só para relembrar o pedido de Nossa Senhora de Paris, de Vítor Hugo. Não há uma única edição digna à venda em Portugal.
    E já agora, obras do magnífico Zola pf.
    Obrigada
    Carmo

  3. José Miguel Moreira 14 Dezembro, 2017 at 10:19 Permalink

    Bom dia,

    Karl Ove Knausgård, A Minha Luta, 5. Para quando?

    Cordialmente,

    José Miguel Moreira

  4. Nuno 14 Dezembro, 2017 at 10:19 Permalink

    Bom dia.
    O lançamento do 5.º volume de A Minha Luta mantem-se previsto para o final deste mês?

  5. Hugo 14 Dezembro, 2017 at 11:32 Permalink

    Que bom ver mais um livro do Philip K. Dick na vossa lista de lançamentos.
    Estão a fazer um trabalho magnífico com este autor, já adquiri todos os livros que vocês editaram dele e estou neste momento a ler o UBIK.
    O meu muito obrigado!
    Cumprimentos,
    Hugo

  6. Ágata Rola 14 Dezembro, 2017 at 12:30 Permalink

    Boa tarde, vi que “A Minha Luta” 5 não está no planeamento editorial, já não vai sair no fim de Janeiro? Pensam em editar mais obras de Hjalmar Soderberg? Obrigado.
    Cumprimentos

  7. Dulcineide Lopes 14 Dezembro, 2017 at 14:19 Permalink

    Seu Carlos,
    Venho aqui tilintar a sua memória com a lembrança da edição de “A Casa Abandonada”.
    Promessa é para cumprir meu bem!
    Ai… espero que venha a tempo do meu aniversário em Fevereiro.
    Obrigada.
    Sua,
    Neide

  8. Maria Guedes 17 Dezembro, 2017 at 19:16 Permalink

    Boa noite. Está nos vossos planos publicar o livro “Lacci” de Domenico Starnone?
    Obrigada.

  9. Paulo Tremoceiro 19 Dezembro, 2017 at 13:59 Permalink

    Boa tarde

    Para quando a edição do Bleak House do C Dickens?
    Parabéns pela qualidade do vosso trabalho

  10. Margarida Carmo 19 Dezembro, 2017 at 15:20 Permalink

    Boa tarde, gostava de deixar aqui o meu apreço (a minha satisfação) pela colecção de clássicos da literatura que vocês têm editado ultimamente (Jane Austen, Vitor Hugo, Josep Conrad, etc).
    Comprei todos os livros da Jane Austen que a Relógio de D`Água publicou.
    Espero que alarguem a vossa colecção de clássicos para leitores de hoje (o preço desses livros é uma delícia para os leitores). Muito obrigada por essa iniciativa.
    Também espero que continuem a publicar outros clássicos da literatura mundial.
    Gostava especialmente de ver editado o livro “Uma Vida”, de Guy de Maupassant.

    Espero que a vossa editora continue sempre com essa “força” editorial que vem demonstrando nos últimos tempos.

    Esperando ansiosamente todos os vossos lançamentos,

    Margarida Carmo, Figueira da Foz

  11. Afonso Gonçalves 20 Dezembro, 2017 at 22:45 Permalink

    Sempre vão publicar a ” Ressureicao” de tolstoy ? Estava planeado para Novembro de 2017, mas nunca saiu.
    Muito obrigado

  12. R. Pais 21 Dezembro, 2017 at 12:05 Permalink

    Recebi com grande satisfação a notícia de que pensam editar O Fantasma da Ópera. Espero que não mudem de ideias e que não tenhamos de esperar muito.

    Votos de boas festas.

  13. Afonso DG 22 Dezembro, 2017 at 22:00 Permalink

    Boas,
    Para quando a publicação da “Ressureição” de Tolstoy ? Constava no vosso planeamento editorial de Novembro, mas não chegou a sair.

  14. Dulcineide Lopes 26 Dezembro, 2017 at 17:14 Permalink

    Seu Carlos,
    Lembrei que você tinha prometido editar Oliver Twist. Quando será?
    E também queria perguntar se vai dar para editar também o Nicholas Nickleby. Queria muito porque a edição que tenho é velha demais embora a tradução seja honradinha.
    Dizem que algumas traduções existentes de Oliver Twist não são da obra completa, nunca entendi mas deve existir uma versão mais curtinha, como será com a vossa edição? Será a mais completa?
    Obrigada.
    Sua,
    Neide

    • Carlos Vasconcelos 9 Janeiro, 2018 at 16:59 Permalink

      Estimada,
      Oliver Twist sairá no final deste mês. É a versão completa.

    • Ana 6 Fevereiro, 2018 at 23:07 Permalink

      Cara Dulcineide,

      Sabe de que editora(s) são essas versões incompletas de Oliver Twist? Relógio D’Água, sabem dar-me essa informação? Tenciono comprar a vossa edição (de Dickens tenho comprado tudo o que editam), mas ofereci recentemente outra edição e agora fiquei receosa de não ser a completa… A pessoa queria tanto ler o livro…

  15. Luis Peixoto 27 Dezembro, 2017 at 12:19 Permalink

    Bom dia
    Não tem a ver com a vossa casa directamente, mas aproveito para partilhar aqui uma perplexidade que me acompanha há anos.
    Por que razão não existe um único livro de Jim Harrison traduzido e publicado em Portugal?

  16. Mauro Ribeiro 30 Dezembro, 2017 at 21:03 Permalink

    Gostaria de deixar a sugestão para editarem mais Yukio Mishima e L.F. Céline.
    Continuação de bom trabalho!

  17. Miguel Domingues 4 Janeiro, 2018 at 11:39 Permalink

    Não sei se é o sitio correcto, mas dado o prémio Oceanos, haverá alguma hipótese de comemoração em Lisboa com Ana Teresa Pereira ou presença na Feira do Livro?

    Sendo cedo, a mesma questão se aplica a Rui Nunes. Antecipo a pergunta porque são dois autores que admiro, cujas assinaturas nos livros desejo e que se mantêm, à falta de melhor termo, “esquivos”.

    Desde já obrigado

  18. Alberto Silva 8 Janeiro, 2018 at 11:18 Permalink

    Bom dia.
    Não sei até que ponto a seguinte obra poderá encaixar no vosso planeamento editorial, mas gostaria de ver editada a obra “História(s)” de Heródoto. Conheço apenas uma edição desta obra em português, já antiga, nas edições 70 em vários volumes, estando inclusivamente alguns volumes esgotados.
    Cumprimentos.
    Alberto Silva

  19. Dulcineide Lopes 8 Janeiro, 2018 at 12:52 Permalink

    Seu Carlos,
    Como está o seu pensamento sobre editar Os Sete Pilares da Sabedoria de T E Lawrence?
    Gostava muito de ver você editar esse que não se encontra nas livrarias.
    Obrigada
    Sua,
    Neide

  20. Fabio Correia 9 Janeiro, 2018 at 7:21 Permalink

    Olá, primeiramente gostaria de parabenizar o trabalho desta que é a melhor editora de Portugal, meus parabéns. Aproveitando a deixa, gostaria de saber sobre a coleção Shakespeare, quais os próximos lançamentos, e quantos volumes pretendem lançar este ano? Balzac e a sua monumental Comédia Humana, há planos para edição?

    • Carlos Vasconcelos 9 Janeiro, 2018 at 16:56 Permalink

      Estimado,
      Agradecemos as suas palavras.
      De Shakespeare sairão “Hamlet”, “A Tempestade” e “O Rei João”.
      Em relação a Balzac… estamos a ganhar coragem.

      • Sofia 13 Janeiro, 2018 at 16:22 Permalink

        Balzac…boa ideia 😉

        • Fabio Correia 20 Janeiro, 2018 at 6:49 Permalink

          Sou brasileiro, vivo em Portugal há quatro anos, no Brasil há um projeto em andamento para a publicação dos 19 volumes da Comédia Humana, mas aquilo está parado no volume 9, e na atual situação brasileira, não acredito que aquilo vá adiante. Seria muito interessante se a Relógio D’água tocasse o projeto. A edição brasileira consiste em reunir vários romances menores em um único volume. Aqui vai um link para exemplificar http://globolivros.globo.com/livros/a-comedia-humana-volume-8. Torço para que Balzac tenha sua obra máxima editada aqui. Vamos torcer

  21. André Sousa 10 Janeiro, 2018 at 1:31 Permalink

    Caros editores,
    Gostava que me informassem se já publicaram o Ressurreição, de Tolstoi, dado que constava do vosso planeamento editorial para o final de 2017. Em caso negativo, ainda se mantém o interesse na publicação e, se sim, para quando?

  22. Miguel 10 Janeiro, 2018 at 19:29 Permalink

    Pensam editar os três mosqueteiros do Dumas?

  23. Dulcineide Lopes 11 Janeiro, 2018 at 18:48 Permalink

    Seu Carlos,
    Espero que você decida mesmo editar Os Sete Pilares da Sabedoria de T E Lawrence.
    É uma obra fundamental e que não está nas livrarias há anos.
    Me parece que a Relógio precisa dar um jeito nisso, tá?
    Obrigada
    Sua,
    Neide

  24. Sofia 13 Janeiro, 2018 at 16:23 Permalink

    A casa e o mundo, do Tagore?

  25. Cristiano Jesus 14 Janeiro, 2018 at 20:11 Permalink

    Boa noite! O jornal online Observador já emitiu duas vezes a notícia de que iriam ser publicadas as Obras Completas de Rimbaud neste mês de Janeiro. Mas aqui no plano editorial não aparece nada. Foi cancelado o lançamento ou ficará para outro mês? Muito obrigado.

    • Carlos Vasconcelos 15 Janeiro, 2018 at 16:26 Permalink

      Estimado,
      Sairá em Fevereiro.

      • Cristiano Jesus 17 Janeiro, 2018 at 14:47 Permalink

        Muito obrigado!!
        Boa escolha editorial. Há muito que era necessário uma tradução de um poeta que tanto contribuiu para a Modernidade.

  26. José Silva 15 Janeiro, 2018 at 10:43 Permalink

    Bom dia,
    Espero que decidam mesmo editar Os Sete Pilares da Sabedoria de T E Lawrence.
    Faz falta, no nosso panorama editorial, podermos dispor desta magistral obra. E quem melhor que a Relógio d’ Água para a editar.
    Fico a aguardar notícias.
    Cumprimentos
    José Silva

  27. Susana Lopes 15 Janeiro, 2018 at 13:00 Permalink

    Boa tarde,

    Pensam editar Madeleine Bourdouxhe?

  28. Mena Matos 16 Janeiro, 2018 at 15:43 Permalink

    Apresentando os meus parabéns pela qualidade das escolhas editoriais, permito-me sugerir a edição de obras de L. F. Céline, uma vez que são relativamente poucas as que se encontram traduzidas para português.
    Melhores cumprimentos

    • Carlos Vasconcelos 17 Janeiro, 2018 at 14:29 Permalink

      Estimado,
      Agradecemos a sugestão.

      • António Nunes 3 Abril, 2018 at 22:30 Permalink

        Reitero o pedido.
        É muito importante a obra deste autor. A Ulisseia pretendia publicar a trilogia final do Céline. Infelizmente, ficou-se pelo Norte e Castelos Perigosos. Há anos que aguardo a publicação do Rigodon. São livros fundamentais para a literatura do século XX, mas também o são para a sua História (para mais, é tramado ler o Céline em francês).
        Agradeço o esforço.

  29. Pedro M 18 Janeiro, 2018 at 11:45 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Aproveitando para lhe expressar novamente o apreço e o meu agradecimento pela linha editorial da Relógio d’Água, venho sugerir a tradução de “Radetzkymarsch” (1932) do Joseph Roth, à qual se poderia seguir “Die Kapuzinergruft” (1938).
    Com os melhores cumprimentos,
    Pedro M.

  30. Diogo 18 Janeiro, 2018 at 15:55 Permalink

    Olá,

    Muitos parabéns pelo excelente trabalho e por, de forma mais que evidente, serem a melhor editora portuguesa no momento. Têm previsto a edição d’A Ilha Misteriosa de Jules Verne? Gostava de ler mas não encontro à venda.

    Cumprimentos e desejos de bom trabalho

  31. Ágata Rola 18 Janeiro, 2018 at 19:56 Permalink

    Boa tarde, confirma se a edição de “História” de Elsa Morante? Obrigado
    Cumprimentos

    Ágata Rola

  32. José Silva 22 Janeiro, 2018 at 12:36 Permalink

    Caro Carlos Vasconcelos,
    Espero que aceite responder a esta minha pergunta, no sentido de esclarecer uma curiosidade que sei ser partilhada por muitos fãs da vossa editora:
    – A Relógio d’ Água conhece a verdadeira identidade de quem assina Elena Ferrante?
    Cumprimentos,
    José Silva

  33. Carmo 22 Janeiro, 2018 at 16:58 Permalink

    Boa tarde
    Estão a planear editar mais obras das irmãs Brontë?
    Obrigada
    Carmo

  34. Florbela Maria Marques Filipe 22 Janeiro, 2018 at 17:02 Permalink

    Boa tarde. Adorei “O Conde de Monte Cristo” de Alexandre Dumas. Pensam editar “Os três mosqueteiros” ? Se sim, têm alguma data prevista? Obrigado

    • Carlos Vasconcelos 23 Janeiro, 2018 at 17:35 Permalink

      Estimada,
      Deveremos avançar, sim.

      • Ana 6 Fevereiro, 2018 at 22:50 Permalink

        Fico muito contente! “Os Três Mosqueteiros” é um daqueles livros que quero imenso reler (e numa boa edição)! Por favor, avancem mesmo!
        Muito obrigada pela publicação de “O conde de Montecristo”!

  35. Sombra 22 Janeiro, 2018 at 17:47 Permalink

    Para quando a edição dos Pensamentos de Pascal? Grato

  36. Paulo Lopes 22 Janeiro, 2018 at 22:42 Permalink

    Boa noite,
    Gostaria de saber se pensam editar aquelas que, segundo o próprio, serão as suas melhores obras até ao momento. Estou a referir-me a Slavoj Zizek e aos seguintes livros:
    .The Sublime Object of Ideology
    .The Ticklish Subject
    .The Parallax View
    .Tarrying with the Negative
    Obrigado.
    Cumprimentos,

    Paulo Lopes

    • Carlos Vasconcelos 23 Janeiro, 2018 at 17:34 Permalink

      Estimado,
      Da sua lista já publicámos “O Sujeito Incómodo”. Os restantes esperamos vir a publicar também.

      • Paulo Lopes 23 Janeiro, 2018 at 18:26 Permalink

        É verdade, na altura não tive a oportunidade de o comprar antes de esgotar. Ficarei a aguardar pelos restantes.
        Continuação do excelente trabalho de divulgação e publicação de grandes autores.
        Obrigado.

  37. José Silva 23 Janeiro, 2018 at 14:56 Permalink

    Boa tarde Sr. Carlos Vasconcelos,
    Como está a edição de “Tess” de Thomas Hardy?
    Já se conhecem mais alguns desenvolvimentos?
    Cumprimentos,
    José Silva

  38. José Silva 23 Janeiro, 2018 at 14:56 Permalink

    Ponderam editar “A Cidadela” de A. J. Cronin?

  39. José Silva 23 Janeiro, 2018 at 14:58 Permalink

    E Alberto Morávia? Existe alguma hipótese de editarem alguma ou algumas obras?

  40. José Carlos 23 Janeiro, 2018 at 16:10 Permalink

    Boa tarde,

    Haverá novidades relativas ao novo livro de José Gil? Nova data de lançamento, título, filosofia ou romance?

    Grato,

  41. DVS 23 Janeiro, 2018 at 16:32 Permalink

    Boa tarde
    O livro O santinho de Simenon ainda sai este mês?

  42. Susana Lopes 23 Janeiro, 2018 at 18:00 Permalink

    Boa tarde,

    Pensam editar «Picnic at Hanging Rock», de Joan Lindsay, a autora Rumer Godden e a trilogia Emily of New Moon, de L. M. Montgomery?

    Desde já obrigada.

    • Carlos Vasconcelos 24 Janeiro, 2018 at 17:04 Permalink

      Estimada,
      Agradecemos as sugestões, que iremos considerar.

      • Susana Lopes 25 Janeiro, 2018 at 13:25 Permalink

        Obrigada pela resposta.

        E quanto a «E tudo o vento levou», há previsões de edição?

      • Ana 6 Fevereiro, 2018 at 22:41 Permalink

        Acho uma excelente ideia a tradução de “Emily of New Moon” e queria perguntar (e pedir!) se vão editar, da mesma autora, os “Anne books”, os livros com o seguimento da vida da protagonista do livro “Anne das Empenas Verdes”, que editaram recentemente. Peço também (e digo-o com todo o respeito pelo vosso trabalho, que admiro imenso) que verifiquem esta edição desse livro (para corrigir em futuras edições), pois no capítulo 19 (no início) falta um excerto. Só me apercebi porque já li tantas vezes o livro em Inglês que soube que faltava ali uma parte na tradução. Até sei indicar qual, só não o faço agora por falta de tempo, mas sintam-se à vontade para mo pedir se for útil, é só eu ir buscar o livro em Inglês e a vossa tradução.

        Por fim, queria perguntar-vos se vão editar mais obras de Charles Dickens, como por exemplo “The Old Curiosity Shop” ou “Dombey and Son”. Li que irão editar “Bleak House”. Será para quando?

        Muito obrigada e parabéns pelo vosso trabalho!

        • Carlos Vasconcelos 8 Fevereiro, 2018 at 16:27 Permalink

          Estimada,
          Agradecemos as sugestões.
          De Dickens estamos a traduzir “Bleak House”, mas ainda não tem data de lançamento. Iremos ter outros livros do autor também.

  43. manuelasaguiar 24 Janeiro, 2018 at 0:20 Permalink

    Boa noite. Já foi publicada A Ronda da Noite, de Agustina Bessa Luís.
    Manuela Aguiar

  44. Alexandra 24 Janeiro, 2018 at 15:46 Permalink

    Boa tarde. Estão a pensar editar mais livros da coleção Mumins de Tove Jansson .
    Se sim, para quando estará previsto a edição e seria possível adiantar o(s) título(s) ?
    P.S. Os meus filhos adoram estes livros.
    Muito obrigada pela vossa atenção e continuem o excelente trabalho que estão a realizar.

    • Carlos Vasconcelos 24 Janeiro, 2018 at 17:03 Permalink

      Estimada,
      Iremos publicar mais, sim. Ainda bem que os seus filhos gostam. São livros muito bons. Para crianças e não só.
      Assim que tivermos datas ou títulos, indicaremos aqui.

  45. Alex 25 Janeiro, 2018 at 16:31 Permalink

    Boa Tarde, quando irá ser publicado o livro do Gabriel Tallent, “O Meu Amor Absoluto”?
    E para quando a divulgação da capa

  46. Pedro 26 Janeiro, 2018 at 18:20 Permalink

    Estimados,

    Gostaria de saber se têm planos para publicar o autor húngaro Péter Nádas.

    Grato e continuação de um excelente trabalho,
    Pedro Sousa

  47. José Silva 26 Janeiro, 2018 at 18:39 Permalink

    Estimado,
    Ponderam a edição de Konstantin Alexandrovitch Fédin?

  48. Miguel 26 Janeiro, 2018 at 21:34 Permalink

    Pretendem publicar os thibault do martin du gard?

  49. Miguel 26 Janeiro, 2018 at 21:36 Permalink

    E “as irmãs Makioki” do Tanizaki?

  50. Maria Guedes 28 Janeiro, 2018 at 16:27 Permalink

    Dois pedidos: por favor, publiquem o livro “In Altre Parole”, da Jhumpa Lahiri, bem como o seu novo romance, que ao que sei será publicado este ano em Itália. Obrigada.

  51. Gonçalo 29 Janeiro, 2018 at 18:12 Permalink

    Boa tarde,

    Há novidades de A Minha Luta (volume V)?

    Cumprimentos,

    Gonçalo

  52. Paulo Lopes 31 Janeiro, 2018 at 8:22 Permalink

    É para mim uma excelente notícia, saber que voltaram a editar a Willa Cather. Gostaria de saber se está nos vossos planos editar mais títulos da sua obra, nomeadamente a Trilogia das Planícies:

    .O Pioneers
    .The Song of the Lark
    .My Antonia

    Obrigado.
    Cumprimentos,

    Paulo Lopes

  53. Pedro Magalhães 1 Fevereiro, 2018 at 11:30 Permalink

    Bom dia.
    Há novidades sobre a data de publicação do livro de Peter Sloterdijk?
    Obrigado.

  54. Susana Lopes 1 Fevereiro, 2018 at 15:40 Permalink

    «The Return of the Native», de Thomas Hardy, estão a pensar publicar?

  55. Rafael 7 Fevereiro, 2018 at 13:22 Permalink

    Bom dia,
    Li que seria publicado um novo livro de Gonçalo M Tavares, “Dicionario de Literatura Bloom” em Fevereiro. Sempre sairá?

    Cumprimentos

  56. Daniel 7 Fevereiro, 2018 at 18:54 Permalink

    Boa tarde,
    Tem previsto alguma edição de Oblomov Ivan Goncharov, ou o
    E tudo o vendo levou da Margaret Mitchell??

    continuação de bom trabalho

    • Carlos Vasconcelos 9 Fevereiro, 2018 at 14:58 Permalink

      Estimado,
      De Goncharov não.
      “E Tudo o Vento Levou” estamos a considerar.

      • Celia Loureiro 13 Março, 2018 at 17:02 Permalink

        Por favor, considerem com carinho. A minha versão desse livro foi encontrada por milagre na Feira do Livro, há uns quatro anos. Não há mais nenhuma… A tradução é antiga, mas competente. É só o meu livro favorito de sempre e, nesta conjuntura actual, um livro sobre uma guerra civil com a questão do racismo muito presente faz todo o sentido.

  57. Tiago Lima 9 Fevereiro, 2018 at 4:18 Permalink

    Boa Noite!

    Já passou Janeiro, onde anda o 5º Volume do Knausgard?

    com os melhores cumprimentos;

  58. João 10 Fevereiro, 2018 at 16:07 Permalink

    Boas,
    Ando a começar a ler em tradução francesa a obra de Ernst Bloch em três volumes, “O Princípio Esperança”. Deixo a recomendação. Obra belíssima. Aliás recomendaria qualquer uma, podendo a relógio d’água começar com a “Spuren” obra bem pequena.

  59. Cristiano Jesus 11 Fevereiro, 2018 at 2:17 Permalink

    Boa noite,
    Agora que a Relógio D’Água detém a exclusividade da Agustina Bessa-Luis, há alguma previsão para a publicação de “O Susto” (1958), um livro há muito fora de circulação?

    Atenciosamente,
    Cristiano Jesus

  60. Ricardo Costa 11 Fevereiro, 2018 at 21:22 Permalink

    Boa noite,
    Querendo vos dar uma última oportunidade de dica realmente produtiva, que vos parece abrir os olhos a Portugal e serem pioneiros publicando em exclusivo e pela primeira vez em português a obra The Ragged Trousered Philanthropists do Robert Tressell?

    Por favor não percam esta oportunidade como perderam com a que vos dei por causa do Ishiguro antes de receber o Nobel, esperando que esta dica não seja a última e último voto de confiança na vossa editora.

  61. Susana Lopes 12 Fevereiro, 2018 at 11:58 Permalink

    Pensam publicar «Wives and Daughters», de Elizabeth Gaskell?

    E, já agora, não há possibilidade de repensarem a edição de «A Dama das Camélias»?… 🙂

  62. João 12 Fevereiro, 2018 at 19:02 Permalink

    Boa tarde,
    Há alguma hipótese de a editorar vir a lançar, o Doutor Fausto, do Thomas Mann?

    Continuação de bom trabalho

    • Carlos Vasconcelos 15 Fevereiro, 2018 at 16:51 Permalink

      Estimado,
      Salvo erro, existe uma edição na D. Quixote.

      • Diogo Ramalho 20 Fevereiro, 2018 at 11:48 Permalink

        Existe sim, mas descatalogada. Uma miséria.

        • Carlos Vasconcelos 20 Fevereiro, 2018 at 15:00 Permalink

          Estimado,
          Nesse caso iremos considerar a publicação.

        • Daniel 21 Fevereiro, 2018 at 18:06 Permalink

          Um grande romance (talvez a obra-prima de T. Mann), editada com uma tradução algo duvidosa e já fora do mercado. Poderia ser uma boa aposta da RdA. Cumprimentos

  63. Luis Silva 13 Fevereiro, 2018 at 16:31 Permalink

    Boa Tarde,
    Estão a ponderar a publicação de “Lonesome Dove” do Larry Mcmurtry ?

    Cumprimentos

  64. José Silva 14 Fevereiro, 2018 at 10:37 Permalink

    Estimado,
    Será que podem ponderar a edição de Gilberto Freyre? Designadamente o majestoso livro “Casa-Grande & Senzala”. Estive a verificar e as obras deste autor estão em falta no atual panorama editorial.
    Cumprimentos

  65. José Silva 14 Fevereiro, 2018 at 10:59 Permalink

    A propósito de todas estes pedidos que por aqui vão circulando, alguns muito bem lembrados outros que são a mais completa falta de tudo, faço o apelo à RdA para que edite de uma vez por todas os bons livros que todos queremos ler (todos). Seria bom e de grande valor para os seus leitores. Agradeço desde já. Cumprimentos.

  66. Ana 14 Fevereiro, 2018 at 17:02 Permalink

    Boa tarde.
    Para além do livro da viagem de Salomé que, estava previsto para Janeiro, existem previsões para reeditarem as obras da escritora?
    Seria uma mais valia, uma vez que a sua obra é inexistente em Portugal.

    Muito obrigada.

  67. Nuno Morgado 15 Fevereiro, 2018 at 11:53 Permalink

    Olá,

    Deixo aqui a sugestão de editarem uma nova tradução de
    “Cry, the Beloved Country” de Alan Paton

    Cumprimentos

  68. Tatiana 15 Fevereiro, 2018 at 14:22 Permalink

    A obra completa do Rimbaud saía em Janeiro, depois saía em Fevereiro e agora afinal só sai em Março. Não aparece nada no site da editora, mas anda a ser noticiado desde o início do ano. Vamos a ver e só sai em 2019,

  69. Ana Marques 16 Fevereiro, 2018 at 13:07 Permalink

    Boa tarde,

    Gostava de saber se vão publicar mais obras ( e quais) de V. Nabokov.
    Já agora, para quando novos livros de Ana Teresa Pereira e Hélia Correia?

    Cordialmente,
    Ana Marques

    • Carlos Vasconcelos 16 Fevereiro, 2018 at 15:03 Permalink

      Estimada,
      Iremos, mas ainda não temos títulos para adiantar.
      Ainda não temos igualmente datas para os novos livros das autoras que refere.

  70. Karl 16 Fevereiro, 2018 at 15:05 Permalink

    O 5º volume de A Minha Luta de Karl Ove Knausgard saía em novembro, depois em dezembro, depois em janeiro. Já estamos a acabar fevereiro e nada…

  71. Miguel 19 Fevereiro, 2018 at 1:29 Permalink

    Curioso ver o modo censório como editam comentários críticos mas corretos e educados. Não suportam a crítica dos vossos leitores, ou seja, dos vossos clientes? Fico desiludido e muito preocupado com esta vossa dificuldade em lidarem com a critica. Volto a reafirmar que é lamentável, pouco profissional e muito pouco respeitador dos vossos clientes darem as respostas evasivas que dão sobre o lançamento de livros há muito anunciados e prometidos. Como é possível que ao dia 16 de fevereiro continuem a responder que o 5 volume do Karl Ove sai no final de fevereiro!

    • Carlos Vasconcelos 19 Fevereiro, 2018 at 15:17 Permalink

      Estimado,
      Não fazemos qualquer edição de comentários.
      Respondemos que o livro sairá no final deste mês pois é a estimativa que temos. Infelizmente, nesta área, existem bastantes factores que podem atrasar o lançamento de um livro.

    • José Silva 28 Fevereiro, 2018 at 15:34 Permalink

      Caro Miguel,
      Como o livro foi hoje disponibilizado fazia bem em pedir desculpa pela sua jactancia.
      Cumprimentos

  72. Diogo Ramalho 20 Fevereiro, 2018 at 11:55 Permalink

    Bom dia,

    Que a coragem para traduzir e editar a Comédia Humana, do Balzac, não esmoreça. Assim como a continuação das edições do Dickens, Dumas, e a acrescentar do Hardy.
    É um grande trabalho o vosso!
    Não baixem a vossa fasquia, mesmo que nem sempre consigam cumprir as datas que primeiramente avançam.

    Muito obrigado e cumprimentos

  73. Ágata Rola 20 Fevereiro, 2018 at 21:28 Permalink

    Boa noite, três questões. É verdade que vão editar as cartas de Kafka a Milena Jesenska? Para quando está previsto o lançamento de “História” de Elsa Morante e sempre vai sair no final deste mês o livro do Knausgard? Obrigado

    Cumprimentos

  74. Diogo 22 Fevereiro, 2018 at 13:54 Permalink

    Boa noite. Sabe se o livro de Knausgaard sai ainda esta semana ou só na próxima? Obrigado e cumprimentos.

  75. daniel 22 Fevereiro, 2018 at 17:14 Permalink

    Olá boa tarde

    estão a considerar em fazer a tradução do livro zero e o infinito de Arthur Koestler?

    Obrigado

    • Carlos Vasconcelos 26 Fevereiro, 2018 at 15:34 Permalink

      Estimado,
      Salvo erro, o livro já cá se encontra traduzido.

      • daniel 2 Março, 2018 at 18:13 Permalink

        Olá boa tarde

        Tenho conhecimento de uma tradução pela Europa america dos anos 80, com uma tradução sofrível, e já descatalogado, penso que não existe mais nenhuma, e a relógio de agua teria todas as condições para traduzir esta excelente obra para língua portuguesa com a qualidade que já nos habituou
        Considere essa empreitada

        Obrigado

        Abraço

  76. Miguel Lopes 23 Fevereiro, 2018 at 14:55 Permalink

    O Oliver Twist está previsto?

  77. Miguel Lopes 23 Fevereiro, 2018 at 14:57 Permalink

    E o livro “A China em Dez Palavras”, de Yu Hua? Quando sai?

  78. AB Pedrosa 23 Fevereiro, 2018 at 17:03 Permalink

    Bom dia.
    “A Minha Luta”, volume 5, do Knausgård, não vai sair?
    Obrigada.
    Cumprimentos,
    Ana Bárbara Pedrosa

  79. Ines Rodrigues 24 Fevereiro, 2018 at 12:22 Permalink

    Boa tarde! Ainda sai este mês o livro do Gabriel Tallent? Obrigada!

  80. Guimarães 26 Fevereiro, 2018 at 22:12 Permalink

    Cara Relógio d’Água,
    Considerando o vosso trabalho actual em traduzir obras chinesas, pretendem traduzir “O Sonho da Câmara Vermelha” de Cao Xueqin?
    Falando também de outros clássicos orientais, pretendem publicar clássicos persas?
    Uma sugestão seria também clássicos em sânscrito, como o “Ramayana” de Valmiki; embora acredite que seja difícil encontrar um tradutor.

  81. João matos 28 Fevereiro, 2018 at 13:24 Permalink

    Eu gostaria de ver a obra de Octavio Paz a dialéctica da solidão. Para além de ser um grande livro ,o autor detém o prémio Nobel da literatura daí achar necessário que este homem não seja esquecido.

  82. Raquel Ribeiro 4 Março, 2018 at 13:14 Permalink

    Bom dia,
    Podiam considerar a publicação de mais obras de Victor Hugo, não existem boas edições de ” Os homens do mar”, “Nossa Senhora de Paris”.
    Cumprimentos e parabéns pelo excelente trabalho.

  83. Fatima 5 Março, 2018 at 14:24 Permalink

    Para quando os Diários de Virgínia Woolf?

  84. Pedro 5 Março, 2018 at 22:30 Permalink

    Julgo que não existe nenhuma tradução dessa pérola da literatura francesa chamada “Le roman comique”, de Paul Scarron… Sei que é uma sugestão remota, mas…

  85. Pedro M 7 Março, 2018 at 12:05 Permalink

    Bom dia,
    Ocorreu-me perguntar se a Relógio D’Água tem planeada para os próximos tempos alguma nova tradução do Saul Bellow.
    Muito obrigado.

  86. Artur Soares 7 Março, 2018 at 16:15 Permalink

    Boa tarde,

    Para quando o Rimbaud. E, já agora, porque não Verlaine?

  87. Pedro M. 13 Março, 2018 at 18:39 Permalink

    Boa tarde,

    Pretendem editar mais obras de H.G. Wells?

    Obrigado

  88. João 18 Março, 2018 at 17:01 Permalink

    Olá, acho que seria uma boa sugestão editar algumas obras de Sartre, já há algum tempo que a maioria da obra dele parece mais ou menos esquecida pelas editoras, tirando a “Náusea”….

    Cumprimentos

  89. Augusta Clara Matos 19 Março, 2018 at 1:13 Permalink

    Os meus parabéns pelo excelente trabalho da vossa editora.
    Perguntei em tempos se tencionavam publicar “Sonâmbulos” de Hermann Broch e disseram-me que pensariam nisso mas não sabiam para quando. Estará, agora, mais próxima a edição dessa obra tão importante?
    Cumprimentos

  90. Ana Cristina Alves 20 Março, 2018 at 18:15 Permalink

    E mais Philip K. Dick? Para quando ? 🙂

  91. Pedro Sousa 22 Março, 2018 at 12:45 Permalink

    Estimados,

    Têm planeada a tradução da obra ‘Bento’s Sketchbook’ de John Berger?

    Obrigado e bem hajam,
    Pedro Sousa

  92. Susana Lopes 22 Março, 2018 at 15:04 Permalink

    Acham que poderiam vir a publicar Os Três Mosqueteiros este ano?

  93. José Carlos 28 Março, 2018 at 16:17 Permalink

    Boa tarde,

    Já não se confirma a edição do novo livro de José Gil no mês de Abril?

    Cumpts cordiais,

  94. Teresa 31 Março, 2018 at 8:10 Permalink

    Bom dia, gostava de saber se tencionam traduzir a serie “Rabbit” de John Updike visto que as unicas traducoes para portugues existentes no mercado sao fracas. E para quando estao previstas as re edicoes de alguns classicos (como Os Miseráveis) em capa dura? Obrigada

  95. Sofia Emília 31 Março, 2018 at 18:02 Permalink

    Boa tarde ,
    Agradeço antes de mais o excelente trabalho desta editora e queria perguntar para quando está prevista a obra de Rimbaud ?

  96. Pedro Ludovice 31 Março, 2018 at 19:52 Permalink

    Para quando a tradução do último do Steve Pinker, Enlightenment?

  97. Nuno Neves 3 Abril, 2018 at 8:58 Permalink

    Para quando a obra completa de Arthur Rimbaud?

  98. Manuela 3 Abril, 2018 at 14:34 Permalink

    E quanto a “Howards End”?

    Muito obrigada pela atenção.
    Felicitações pelo excelente trabalho.

  99. Paulo Lopes 3 Abril, 2018 at 16:27 Permalink

    Boa tarde,
    Creio que não serei o primeiro a colocar a questão, gostaria de saber se irão editar a Comédia Humana de Balzac e se consideram editar os seguintes autores:

    .Georges Perec
    .Alain Robbe-grillet
    .Marcel Pagnol

    Continuação de excelente trabalho.
    Obrigado.

    Paulo Lopes

  100. Miguel Pereira 4 Abril, 2018 at 16:35 Permalink

    Tem-se notado um desinvestimento na publicação de poesia. É deliberado? Com o fim da Assírio & Alvim e a estagnação da Cotovia, deixou de haver, salvo algumas excepções (Tinta-da-China, por ex.), editora de grande dimensão (com distribuição nacional) a desempenhar o papel de legitimação, ou, se se preferir, consagração dos novos poetas, condenados à dispersão da publicação em editores pequenas. A Relógio d’Água não podia assumir esse papel, seleccionando os melhores entre o que se publica e dando-lhes outra visibilidade? Seria um desastre comercial assim tão grande? Ou será que, por outro lado, traria vantagens para todos?

  101. Sofia Emília 4 Abril, 2018 at 23:23 Permalink

    Já pensaram em traduzir e publicar gerard de nerval ?

  102. Sofia Emília 8 Abril, 2018 at 10:59 Permalink

    Esta editora publicou duas versões de Em busca do tempo perdido uma a 10€ por volume e outra a 20€, gostaria de saber se existe alguma alteração no conteúdo (prefácio, notas) ou se trata apenas de uma mudança no formato (capa dura). Muito obrigada.

  103. Pedro Chambel 9 Abril, 2018 at 14:23 Permalink

    Penso que seria uma boa ideia continuar com a edição de obras do Henry Green. Algo nesse sentido está previsto? Obrigado

  104. Ana 10 Abril, 2018 at 14:11 Permalink

    Boa tarde.
    Saber-me-á dizer qual a diferença entre “Memórias”, de Raul Brandão da vossa editora e a da Quetzal? A da última editora a que me refiro foi oferecida, mas caso existam diferenças significativas, clarro que comprarei a vossa.

    Parabéns pelo mais novo volume de Tchéhkov (esperemos os restantes) e pela reedição de Valéry. Aguardo com expectativa a obra completa de Rimbaud e por mais escritores russos (tantos inéditos em Portugal) 🙂

    • Carlos Vasconcelos 10 Abril, 2018 at 15:03 Permalink

      Estimada,
      Esta edição retoma a que publicámos em três volumes há vários anos.
      O texto base é igual, mas a apresentação e as notas são diferentes.

  105. José Oliveira 10 Abril, 2018 at 14:13 Permalink

    Boa tarde.
    Antes de mais reiterados parabéns pelo vosso trabalho, agora ainda mais válido dado o desinvestimento na Assírio & Alvim e a estagnação da Cotovia. A Relógio d’Água continua a ser uma ilha de bom-senso e bom gosto.
    Mas venho também ao vosso contacto dado uma amiga me ter pedido uma tarefa impossível: Encontrar um. exemplar da edição original do livro “Contemplação Carinhosa da Angústia” de Agustina-Bessa Luís. Ora como de todo não consigo encontrar o livro, achei que seria excelente se a Relógio o reeditasse, edição tanto mais importante dado o grau de raridade deste livro.
    Estão a planear a sua reedição no âmbito do vosso exclusivo das obras de Agustina?
    Melhores cumprimentos e continuação do vosso excelente trabalho.
    José Oliveira

  106. João Baptista 10 Abril, 2018 at 16:14 Permalink

    Boa tarde,
    Obrigado pela edição de mais um volume dos contos de Tchéhkov.
    Já está definido em quantos volumes ficará a série completa?
    Obrigado,
    João Baptista

    • Carlos Vasconcelos 11 Abril, 2018 at 13:50 Permalink

      Estimado,
      A colecção de contos fica completa com este último volume.

      • Ana 12 Abril, 2018 at 7:32 Permalink

        Mas não são 12 volumes?
        Estarei errada?

        • Carlos Vasconcelos 12 Abril, 2018 at 13:35 Permalink

          Estimada,
          Existem outros contos, que poderiam dar lugar a mais um ou dois volumes. Porém são contos menores.
          Iremos analisar e ver se justifica a sua publicação.

  107. José Oliveira 11 Abril, 2018 at 9:56 Permalink

    Muito obrigado.
    Cordialmente,
    José Oliveira.

  108. Susana Lopes 11 Abril, 2018 at 10:08 Permalink

    Irão publicar mais Pablo Neruda?

  109. Daniel 11 Abril, 2018 at 13:50 Permalink

    Boa tarde.
    Antes de mais parabéns pelo vosso trabalho editorial.
    Parabéns pelo último Tchéhkov. Por falar em literatura Russa, penso que a Relógio d’Água poderia enriquecer o seu catalogo com o romance “O anjo de Fogo” de Valery Bryusov. É magnifico.

  110. João 11 Abril, 2018 at 18:27 Permalink

    Bom dia,
    Quanto à Obra de Rimbaud, gostaria de saber se vem em edição bilíngue.
    E para quando está planeada a publicação dos “Pensamentos” de Pascal?

  111. João Carlos 12 Abril, 2018 at 12:56 Permalink

    Boa tarde,

    Será que o que li é verdade ou li mal? Vão mesmo publicar os “Sonâmbulos” de Hermann Broch? Solicitei tanto este livro que parece mentira…

    Mil vezes obrigado

  112. Nuno Oliveira 12 Abril, 2018 at 15:01 Permalink

    Bom dia,

    Para quando o lançamento da “Ressurreição” de Tolstoi?
    Obrigado

  113. Rafael Atalaio 12 Abril, 2018 at 20:43 Permalink

    “O Anjo de Fogo” de Valery Bryusov na Relógio de Água seria mesmo um sonho.

    Os meus parabéns pelas muito cuidadas edições da Agustina, dando vida à obra de uma escritora que finalmente encontra uma casa que lhe dá valor.

    Cumprimentos

  114. Pedro Rodrigues 13 Abril, 2018 at 1:30 Permalink

    Para quando está prevista a publicação de “Tens de Mudar de Vida” de Peter Sloterdijk?
    Além disso, têm em mente publicar algum livro de Samuel Beckett (reeditar Molloy, por exemplo) ou de Thomas Bernhard?
    Obrigado.

  115. Francisco 14 Abril, 2018 at 14:01 Permalink

    Boa tarde

    Em relação à publicação de “os sonâmbulos” gostaria de saber se está prevista em 3 volumes e a data prevista. Obrigado

  116. Mateus 15 Abril, 2018 at 16:27 Permalink

    Boa tarde. Há alguma obra de Kierkegaard sendo traduzida ou que irá ser publicada no futuro? Obrigado

  117. António Caeiro 15 Abril, 2018 at 18:02 Permalink

    Algum plano para os Livros Conceito de Angustia de Kierkegaard e Contra os Académicos de Santo Agostinho

  118. Marcos 16 Abril, 2018 at 15:09 Permalink

    Pensam publicar alguma coisa de Leopoldo Maria Panero? Podem revelar o nome dos autores dos próximos livros de poesia que vão publicar?.

  119. David 17 Abril, 2018 at 11:17 Permalink

    Olá,
    Para quando a publicação de William James?
    Cumprimentos

  120. Sofia Emília 17 Abril, 2018 at 13:31 Permalink

    A obra completa de rimbaud vai conseguir sair em Abril ?

  121. Ana 19 Abril, 2018 at 11:12 Permalink

    Muitos parabéns pelas chancelas.
    Pena que tenham decidido não manter o russo Mikhail Shishkin no catálogo.

    • Carlos Vasconcelos 19 Abril, 2018 at 15:26 Permalink

      Estimada,
      É apenas uma chancela, a Ítaca. E iremos manter e comercializar o livro que refere.

      • Ana 23 Abril, 2018 at 18:15 Permalink

        Já vi, obrigada.
        Pensei que não o fossem comercializar porque no FB não o mencionavam.

  122. João Carlos 19 Abril, 2018 at 12:41 Permalink

    Sr. Carlos,

    É com agrado que finalmente teremos Os Sonâmbulos de Broch e para percebermos o quão é importante esta obra no contexto actual aqui fica um trecho do Editorial do New York Times acerca do discurso de Macron no Parlamento Europeu:
    “The struggle between the traditional values of Western liberal democracy and the new forces of authoritarianism, intolerance and nationalism has become a defining challenge of the times. Invoking the title of a well-known German trilogy by Hermann Broch about the deterioration of values in the years before World War I, Mr. Macron said: “I don’t want to belong to a generation of sleepwalkers that has forgotten its own past. I want to belong to a generation that has decided forcefully to defend its democracy.”

    Cumprimentos
    JC

  123. Sofia Emília 26 Abril, 2018 at 11:22 Permalink

    Estão a considerar voltar a publicar o “para alem do bem e do mal” de nietzsche, que se encontra esgotado à já muito tempo ?

  124. Idália Miranda 26 Abril, 2018 at 17:18 Permalink

    Adoraria que publicassem” Os três Mosqueteiros ” de Alexandre Dumas.
    Cordialmente,
    I. Miranda

  125. Gil 26 Abril, 2018 at 17:47 Permalink

    Boa tarde.

    Fica aqui uma sugestão para acrescentar às traduções de Stendhal: Armance.

    Cumprimentos,
    Gil.

  126. DM 27 Abril, 2018 at 12:01 Permalink

    Boa tarde

    Uma sugestão: as capas da vossa chancela Ítaca estão a precisar de levar uma volta.

  127. José Oliveira 27 Abril, 2018 at 12:35 Permalink

    Boa tarde.
    Gostaria de saber se, na continuação da edição de obras deste autor, está prevista a prazo a publicação de mais algum livro de George Steiner e, em caso afirmativo, qual e para quando. Seria excelente que desta vez e finalmente editassem “A Morte da Tragédia”. Mas pode ser qualquer outro ainda não editado por cá.
    Muito obrigado.
    Continuação do vosso excelente trabalho e bom fim de semana.
    José Oliveira

  128. Paulo Lopes 27 Abril, 2018 at 15:26 Permalink

    Boa tarde,
    Gostaria de saber se pesam editar a obra completa do Denis Johnson (incluindo o Filho de Jesus, editado pela já extinta Ahab), que com pesar nos deixou há cerca de um ano.

    Cumprimentos,

    Paulo Lopes

  129. Ana 27 Abril, 2018 at 16:13 Permalink

    Boa tarde.
    Está nos vossos planos reeditarem “A Cidade Sitiada”, de Clarice?
    Muito obrigada e continuação de bom trabalho.

  130. Susana Lopes 28 Abril, 2018 at 18:05 Permalink

    Vi mais acima que pensam editar mais livros das irmãs Brontë. Irão editar todos os que ainda não foram traduzidos (Shirley, Vilette, The Tenant of Wildfell Hall e Agnes Grey)? Seria excelente se assim fosse. 🙂

    • Carlos Vasconcelos 30 Abril, 2018 at 15:48 Permalink

      Estimada,
      Sim. Iremos começar por Vilette.

      • Susana Lopes 3 Maio, 2018 at 16:42 Permalink

        Óptimas notícias! Ficarei a aguardar ansiosamente. Obrigada.

        Correndo o risco de me tornar (muito) aborrecida, gostava de reiterar o meu pedido para publicarem mais L. M. Montgomery, em especial a trilogia Emily of New Moon e Jane of Lantern Hill. Obrigada mais uma vez.

  131. Raquel Ribeiro 30 Abril, 2018 at 1:45 Permalink

    Boa noite,
    Pensam publicar mais obras das irmãs bronte?
    E Thomas hardy?
    Dou sempre preferência ás vossas edições.
    Cumprimentos
    Raquel.

  132. Ágata Rola 30 Abril, 2018 at 20:24 Permalink

    Boa noite, para quando está previsto “História” de Elsa Morante? Obrigado.
    Cumprimentos

  133. Pedro M 1 Maio, 2018 at 8:52 Permalink

    Caro Carlos,
    A RdA ponderaria editar, a partir das traduções inglesas, Cré na Cille, de Máirtín Ó Cadhain (escrito em gaélico)?

  134. Miguel 1 Maio, 2018 at 17:27 Permalink

    Olá,
    Pensam re-publicar Foucault?
    Obrigado

  135. João Jesus 1 Maio, 2018 at 21:24 Permalink

    Boa noite Sr. Carlos

    Gostaria de perguntar se existe ou não no vosso site o livro da Hannah Arendt Heichmann em Jerusalém ou pertence a uma outra editora? É que desconheço por completo e como veja Ítaca nos livros então o melhor mesmo é perguntar.

    Muito obrigado e cumprimentos
    JC

  136. Patrícia 3 Maio, 2018 at 8:25 Permalink

    Bom dia.
    Pretendem fazer um segundo volume de Obras Escolhidas de Hélia Correia?
    Seria uma boa notícia.
    Obrigada.

  137. Miguel 3 Maio, 2018 at 14:40 Permalink

    Para quando uma re-edição d’A Morte de Emprédocles de Holderlin?

  138. Ana Marques 3 Maio, 2018 at 17:13 Permalink

    Boa tarde,

    Para quando “O Sonho de Bruno”, de Iris Murdoch? Vão publicar mais obras da autora?

    Atentamente,
    Ana Marques

  139. Jaba Tonel 4 Maio, 2018 at 9:35 Permalink

    Seu Carlos,
    Já está em condição de anunciar a edição de Tess.
    Cumprimentos

  140. Miguel Ângelo 4 Maio, 2018 at 16:14 Permalink

    Março já foi, e Abril também. Para quando o Rimbaud?

  141. Jaba Tonel 4 Maio, 2018 at 21:28 Permalink

    Anseio mesmo pela leitura de Tess. Esse livro é mesmo raro. Sei de uma edição do Círculo de Leitores que só uma vez vi e nada mais. Se alguém conhecer mais alguma edição de Portugal diga mas e nunca vi não. E essa editora do Relógio era mesmo a casa certa para essa jóia. Parabéns pelo prémio da Bertrand para Os Miseráveis. Merecido né! Ainda bem que vocês sabem ouvir a opinião dos leitores!

  142. Jaba Tonel 4 Maio, 2018 at 21:31 Permalink

    Aproveito para dizer que esses livros da Itraca estão precisando mesmo de uma plástica. Tão com cara pra lá de deslavada. Ué

  143. chánodeserto 6 Maio, 2018 at 15:55 Permalink

    Uma simples sugestão , Stories Of Breece D’J Pancake de Breece D’J. Pancake,
    obrigado pelo livros.

  144. Ana 8 Maio, 2018 at 12:15 Permalink

    A edição em 2 volumes do “Romance de Genji” está completa?
    Muito obrigada.

  145. Maria Rodrigues 8 Maio, 2018 at 18:45 Permalink

    Para quando o último volume de A Minha Luta de Karl Ove Knausgard?

  146. Nuno 9 Maio, 2018 at 21:00 Permalink

    Viva, Existe algum plano para editar Benito Cereno de modo isolado?

    Tenho já Bartleby e Billy Budd, pelo que não queria estar a gastar mais papel.

    Atentamente, Nuno I

  147. Xavier 10 Maio, 2018 at 15:33 Permalink

    Boa tarde.
    Para quando “Bleak House” de Charles Dickens?

    Obrigado.
    Cps.
    Xavier

  148. João Pedro Fazendeiro 10 Maio, 2018 at 16:24 Permalink

    Pretendem editar mais livros de Simenon? Também do comissário Maigret, ou apenas outros romances? E Conan Doyle, era bom ter uma boa edição completa do Sherlock Holmes bem traduzida e bem editada em Portugal, o que nunca aconteceu…

    Edith Wharton e Henry James, estão nos vossos planos?

    Muito obrigado,

    João Pedro Fazendeiro

    • Carlos Vasconcelos 11 Maio, 2018 at 15:28 Permalink

      Estimado,
      Iremos editar mais livros do comissário Maigret.
      A sugestão de Conan Doyle é muito boa. Iremos ter em conta.
      Ambos os autores estão nos nossos planos.

  149. João Luís 13 Maio, 2018 at 1:48 Permalink

    Estimados,
    Para quando o prometido Finnegans Wake?

  150. Nuno 13 Maio, 2018 at 19:57 Permalink

    Viva,

    Quantos volumes dos contos de Tchékhov ainda falta publicar e quando será publicado o último? Há estimativas?

    Atentamente, n

  151. Margarida Carmo 14 Maio, 2018 at 13:51 Permalink

    Boa tarde.
    Estive a ler os comentários dos outros leitores e queria deixar também aqui o meu desejo que vocês editem as obras maiores de Balzac e também o Dr. Fausto e Thomas Mann.
    Gosto também muito das vossas obras direccionadas ao público juvenil, sobretudo as autoras de “Anne das Empenas Verdes” e a de “Tom e o Jardim da Meia Noite; gostaria que editassem outras obras dessas duas autoras.
    Obrigada.
    Continuação do bom trabalho.

    Margarida Carmo (Figueira da Foz)

  152. Guilherme 14 Maio, 2018 at 18:04 Permalink

    Bom dia, estive a pesquisar no vosso site e nenhum dos volumes da História da Sexualidade de Michel Foucault está disponível. Planeiam re-editar com o 4º volume, ou vão deixar de publicar esses volumes?

  153. Nuno 15 Maio, 2018 at 8:20 Permalink

    Viva, no catálogo disponibilizado (2017) há livros de Cheever, como Bullet Park ou Crónica de Wapshot. Mas na pesquisa do sítio não se dá com eles. Esgotaram de um ano para o outro?
    Atentamente, Nuno I

  154. Sofia Emília 15 Maio, 2018 at 11:04 Permalink

    Lembro me que iam publicar William james, até estava no anterior planeamento editorial, no entanto acabaram por não o fazer. Sempre pensam em publicar?

  155. Susana Lopes 17 Maio, 2018 at 10:08 Permalink

    Saiu há pouco tempo, pela editora Sextante, uma nova edição d’Os Três Mosqueteiros. A Relógio D’Água continua a pensar editar o livro e, se sim, poderá vir a sair em breve? Obrigada.

  156. Jaba Tonel 19 Maio, 2018 at 8:06 Permalink

    Oba… Sherlock Holmes na Relógio.
    Estou querendo tanto essa edição.
    Mas por favor com as ilustrações da época. Essas ilustrações são de uma beleza grande e ajudam o jovem leitor a estar “lá”.
    Oba… Oba…

  157. Sombra 20 Maio, 2018 at 1:23 Permalink

    Boa noite,
    Para quando está prevista as edições:
    Pensamentos de Blaise Pascal
    Obras do Projecto Shakespeare

    Estão a pensar reeditar Os Analectos de Confúcio (sem ser a de bolso)?
    Pensam editar, dentro deste género, obras japonesas, chinesas, indianas…

    Grato

    • Carlos Vasconcelos 22 Maio, 2018 at 15:08 Permalink

      Boa tarde,
      Ambas as obras sairão entre Junho e Setembro.

      Os Analectos de Confúcio está nas edições Cotovia.

      Sim. Ainda há pouco lançámos novo livro de Yu Hua. E iremos ter mais.

      • Sombra 22 Maio, 2018 at 15:52 Permalink

        Boa tarde,
        Desde já agradeço a prontidão na resposta.
        No entanto, não me explicitei correctamente. Quando referi a obra Analectos (referia-me à edição de bolso da cotovia BI) e essa já a tenho, o que eu queria saber é se estão a pensar editá-la numa versão, dita, normal. Para juntar a outras como A arte da guerra, TAO TE KING. Quanto a outros clássicos deste género referia-me mais em concreto a obras como Os cinco anéis … Grato

  158. Sandra Formigo 21 Maio, 2018 at 12:55 Permalink

    Boa tarde,
    Para quando edições pela RA de obras de Thomas Hardy tais como, “O Mayor de Casterbridge”, “Tess” ou “Judas, o Obscuro” ?
    Porque razão não existem traduções recentes de obras deste autor, com excepção da obra “Longe da Multidão” (Presença)?
    Grata pela atenção.

  159. Pedro M. 23 Maio, 2018 at 9:10 Permalink

    Bom dia,

    Uma questão simples. Sei que Kurt Vonnegut é editado por outra editora, mas é confrangedor os títulos disponíveis em português. Por isso, desconhecendo os direitos para Portugal, a Relógio d´ Água faz planos de editar este autor?

    (já agora, para quando mais K. Dick?)

    Obrigado

  160. Rafael Atalaio 23 Maio, 2018 at 20:25 Permalink

    Boa tarde,
    Não pensam em publicar Flights de Olga Tokarczuk?
    Com os melhores cumprimentos

  161. Jose Nogueira 25 Maio, 2018 at 11:38 Permalink

    Não serei o único a manifestar este desejo, mas gostaria muito de ver a Relógio D’ Água a produzir edições de obras do Thomas Hardy. Que eu saiba disponíveis há o “Longe da Multidão” (Europa-América) e o “Judas o obscuro” (Colecção Não Nobel). Fazem falta edições portuguesas de “Tess of the Urbervilles, “The Mayor of Casterbridge”, etc.. Conto convosco.

  162. Marcos 26 Maio, 2018 at 10:05 Permalink

    Afinal, para quando a Obra Completa do Rimbaud?

    • Carlos Vasconcelos 28 Maio, 2018 at 14:00 Permalink

      Estimado,
      Pedimos desculpa pela demora. Apesar de tudo, achamos que valeu a pena a espera. O livro já se encontra à venda.

  163. Nuno 26 Maio, 2018 at 18:56 Permalink

    Viva, publicaram um volume de Contos e Novelas de Bellow, aparentemente a partir do Collected Stories, de 2001, constituído por 13 trabalhos do autor.

    A) Estão previstos mais volumes?
    B) Para quando?
    C) Quantos?
    D) E serão os restantes oito da referida antologia?

    Já agora, quanto a Waugh, já há passos dado no sentido da publicação dos primeiros dois livros da trilogia de que publicaram o volume Oficiais e Cavalheiros?

    Atentamente, Nuno i

  164. Nuno Alves Pereira 28 Maio, 2018 at 11:13 Permalink

    Boa tarde.
    Antes de mais, e como sempre, tenho de agradecer o vosso magnífico trabalho editorial.
    Serviço público é isto. Muito, muito obrigado.

    Deixo uma sugestão: há bastante tempo que procuro – ainda que usado – a edição em português de “A bela do senhor” de Alberto Cohen. Julgo que a tradução do António Pescada foi premiada.

    Consideram a sua publicação ou os direitos pertencem a outra editora?

    Grato, mais uma vez, pelo vosso trabalho.

    Melhores cumprimentos,

  165. DVS 28 Maio, 2018 at 11:58 Permalink

    Boa tarde

    Para quando o Rimbaud??

  166. Jaba Tonel 28 Maio, 2018 at 17:45 Permalink

    Seu Carlos
    Estou aqui me juntando à legião de fãs da Relógio para pedir a edição de Thomas Hardy, … de Tess. Queria tanto esse livro.
    Peço que, por favor, editem Thomas Hardy.
    E Conan Doyle.
    Opss, esquecia… já agora… para quando umas promoções do outro mundo no neste site?

  167. Jaba Tonel 29 Maio, 2018 at 22:59 Permalink

    Seu Carlos,
    Tenho estado quando vai editar a Trilogia da Lembrança da Terra do Passado de Cixin Liu:
    O problema dos três corpos (三体) (2007)
    A floresta escura (黑暗森林) (2008)
    O fim da morte (死神永生) (2010)
    Já que tão editando obras que receberam o Hugo…

  168. Sofia 31 Maio, 2018 at 14:06 Permalink

    “A Mãe”, de Gorki?

  169. Julião 31 Maio, 2018 at 20:04 Permalink

    Boa tarde,
    Foi com agrado que constatei que publicaram o primeiro livro da trilogia de N. K. Jemisin, A Quinta Estação. Parabéns pela iniciativa.
    Podem indicar, em termos temporais, quando planeiam publicar os restantes volumes?
    Obrigado

  170. Ana 2 Junho, 2018 at 18:04 Permalink

    Muito obrigado, relógio D’água, adoro as vossas edições. Fiquei super feliz ao saber que vão lançar Os mosqueteiros. Gostava de saber, se possível,
    a) se já há uma data do lançamento
    b) se é o primeiro livro ou vão lançar o resto da série (Les Trois Mousquetaires,Vingt ans après,Le Vicomte de Bragelonne, Dix Ans plus tard,Louise de La Vallière e L’Homme au masque de fer)
    Muito obrigada

    • Carlos Vasconcelos 4 Junho, 2018 at 16:30 Permalink

      Estimada,
      Agradecemos as suas palavras.
      Ainda não temos uma data.
      Iremos começar apenas com “Os Três Mosqueteiros”. Mas em princípio iremos publicar mais.

  171. Golgari 6 Junho, 2018 at 22:43 Permalink

    Boa noite.
    Uma vez que estão a editar ficção cientifica, ponderam editar
    o dia das trifides – john wyndham?
    Obrigado

  172. DVS 10 Junho, 2018 at 17:15 Permalink

    Boa Tarde

    Já agora que está em matéria de sugestões porque não Marcello Fois e Carlo Lucarelli?
    Ótimos escritos policiais italianos.

    Obrigado

    • Carlos Vasconcelos 11 Junho, 2018 at 15:16 Permalink

      Boa tarde,
      Agradecemos as sugestões.

      • Henrique Martins 12 Junho, 2018 at 17:50 Permalink

        Boa tarde.
        Apenas algumas sugestões de autores/livros à RdA, sem nenhum critério que não o da qualidade dos autores e/ou obras:

        IRA LEVIN – ” A kiss before dying”
        DAVID WOODRELL
        IAIN BANKS – “The Wasp factory”
        K.C. CONSTANTINE – “the man who liked slow tomatoes”
        JOSEPHINE TEY – “The daughter of time ” e “Brat Farrar”
        P. G. WODEHOUSE – Mr. Mulliner ( todos os contos)

        Cps
        Henrique Martins

  173. Nuno Oliveira 13 Junho, 2018 at 10:27 Permalink

    Bom dia,

    Para quando Bleak House de Charles Dickens e a Ressurreição de Lev Tolstoi?

    Cumprimentos

  174. Pedro Sousa 14 Junho, 2018 at 8:26 Permalink

    Estimados,

    Tomei conhecimento da recentíssima publicação dos diários de viagem de Albert Einstein (https://press.princeton.edu/titles/11234.html). Penso que seria um ótimo acréscimo ao vosso catálogo que inclui já outros textos do mesmo autor.

    Continuação de um excelente trabalho.

    Bem-hajam,
    Pedro Sousa

  175. João Pedro Fazendeiro 14 Junho, 2018 at 13:43 Permalink

    E Pavese, além do diário que creio estar esgotado, planeiam editar? Existem boas traduções antigas que mereciam voltar às livrarias bem editadas. O Pedro Mexia, aceitaria de bom grado fazer os prefácios 🙂

  176. Pedro Rodrigues 14 Junho, 2018 at 14:14 Permalink

    Boa tarde.
    Para quando a publicação do livro “Bleak House” de Dickens?
    Obrigado.

  177. Fabiano Realino 14 Junho, 2018 at 14:15 Permalink

    Bom dia.
    Gostaria de saber se existe previsão para o lançamento de “O Livro das Odes Nemeias de Píndaro”, de Maria Mafalda Viana…
    Tratar-se-á, tal obra, da versão direta do grego das onze odes pindáricas dedicadas aos Jogos Nemeus?
    Muito obrigado e parabéns pela excelência das traduções!
    Saudações deste vosso leitor brasileiro.

  178. joao matos 16 Junho, 2018 at 12:49 Permalink

    boa tarde . Gostaria de saber se existe alguma possibilidade de se revisitar os livros de arthur schopenhauer considerando que em portugal pouquíssimas obras se podem encontrar de momento.

  179. José Reis 20 Junho, 2018 at 11:51 Permalink

    Caríssimos!
    Estará por acaso previsto a obra completa de Emilio Salgari e Walter Scott?
    Com o tempo fazem tensōes de publicar todas as obras de Balzac, Victor Hugo e Charles Dickens? É incompreensivel como estes monstros da literatura mundial estão tão pouco disponíveis nos dias que correm….
    Obrigado! Continuem o excelente trabalho

  180. José Reis 21 Junho, 2018 at 16:33 Permalink

    Boa tarde!
    Por acaso estão a pensar publicar livros de Irwing Wallace e Morris West?
    O que vão publicar de Salgari? A coleção completa do Sandokan? Please!

    Cumprimentos

Deixe uma resposta